Geral

Nasce primeira bezerra do projeto pró-leite

Em razão do projeto Pró- leite, pioneiro no estado do Mato Grosso do Sul, o moradores do assentamento Sucesso já começaram a colher os resultados, com o nascimento da primeira bezerra através de inseminação artificial.  Trata-se de uma iniciativa da administração municipal de Nova Alvorada do Sul que visa atender as necessidades dos pequenos produtores rurais […]

Arquivo Publicado em 03/09/2012, às 14h05

None
636883909.jpg

Em razão do projeto Pró- leite, pioneiro no estado do Mato Grosso do Sul, o moradores do assentamento Sucesso já começaram a colher os resultados, com o nascimento da primeira bezerra através de inseminação artificial. 


Trata-se de uma iniciativa da administração municipal de Nova Alvorada do Sul que visa atender as necessidades dos pequenos produtores rurais em fortalecer a bacia leiteira do município.


Segundo o veterinário José Roberto Viana Mattosinho Junior através do projeto a prefeitura oferece capacitações sobre inseminação artificial, produção estratégica de forrageiras, manejo sanitário, além de fornecer todos os materiais necessários como botijão sêmen, aplicador, brincos de identificação, vacinação de brucelose, exames clínicos e de gestação no rebanho e consultoria rural através do técnico agrícola e do veterinário.


 “Sabemos da importância da agricultura familiar para um município, e queremos que além da produção para a subsistência os mesmos possam tornar- se microempreendedores através do leite e seus derivados. Dessa forma, estamos contribuindo com o programa da nossa presidenta Dilma em tirar seis milhões de pessoas da informalidade e melhorando cada vez mais qualidade de vida do homem do campo”, lembrou o prefeito Arlei Barbosa (PT).


O secretário de desenvolvimento econômico e meio ambiente Irani Pereira da Silva ressaltou que esta é apenas mais uma das diversas ações que a administração vem realizando dentro do programa de fortalecimento da agricultura familiar.


De acordo com ele, o próximo assentamento a ser beneficiado com o projeto é o assentamento Mutum. O projeto já atende os assentamentos Sucesso, Banco da Terra e Bebedouro.

Jornal Midiamax