Geral

Mulher tumultua trabalho de PM’s e acaba em delegacia de Corumbá

Por tumultuar o trabalho e desobedecer ordens policiais, uma mulher, de 31 anos de idade, foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Corumbá, na noite desta quinta-feira, 26 de julho. De acordo com relatos do boletim de ocorrência n°4952/2012, a equipe policial abordou um grupo de rapazes, que estava na rua Nossa Senhora […]

Arquivo Publicado em 27/07/2012, às 12h17

None

Por tumultuar o trabalho e desobedecer ordens policiais, uma mulher, de 31 anos de idade, foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Corumbá, na noite desta quinta-feira, 26 de julho. De acordo com relatos do boletim de ocorrência n°4952/2012, a equipe policial abordou um grupo de rapazes, que estava na rua Nossa Senhora do Carmo, no bairro Maria Leite, em atitude suspeita. Enquanto faziam a checagem dos dados dos abordados, uma mulher se aproximou dos policiais e os indagou o motivo de estarem tomando aquela atitude. A mulher disse “A Polícia tem que prender bandido e não meu irmão”.


Os policiais afirmam que solicitaram, por várias vezes, que ela se afastasse do local da abordagem, mas ela desobedeceu as ordens, dizendo que ser uma oficial da Marinha. A mulher chegou a pegar seu celular e ameaçar os policiais, dizendo que ligaria para o comandante da Polícia Militar para comunicar o “abuso de autoridade” que os mesmos estariam cometendo com a abordagem do grupo.


O irmão da mulher pediu para que ela e seus parentes se afastassem e deixassem os policiais fazerem seu trabalho. O mesmo afirmou que não se sentia constrangido com a situação, diante do tumulto, os policiais acabaram conduzindo todos os envolvidos para a Delegacia de Polícia Civil para poder concluir o trabalho.

Jornal Midiamax