Geral

Movimento ‘Eleições Limpas 2012’ termina em MS com 104 denúncias‏

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS) recebeu 104 denúncias por meio do Movimento “Eleições Limpas” desde o início da campanha eleitoral até dia 28, data do segundo turno em Campo Grande. A maioria das supostas irregularidades foram registradas no primeiro turno e em torno de 80% vieram do […]

Arquivo Publicado em 31/10/2012, às 18h32

None

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS) recebeu 104 denúncias por meio do Movimento “Eleições Limpas” desde o início da campanha eleitoral até dia 28, data do segundo turno em Campo Grande.


A maioria das supostas irregularidades foram registradas no primeiro turno e em torno de 80% vieram do interior. As denúncias variaram desde compras de votos e propaganda irregular até uso da máquina pública e pressão contra servidores públicos.


“Me surpreendeu a participação do interior, que demonstra a necessidade de o Estado atuar com mais presença nessas cidades, com uma atenção e fiscalização maior”, disse Leonardo Avelino Duarte, presidente da OAB/MS


Na primeira fase do pleito, foram recebidas 94 denúncias. Outras dez supostas irregularidades foram registradas em Campo Grande, no segundo turno. Por conta das denúncias, foram abertos três processos judiciais.


É a segunda vez que a Ordem realiza o Movimento Eleições Limpas. Em 2010, o projeto ficou restrito a Campo Grande.


As denúncias recebidas foram encaminhadas aos órgãos competentes, como Tribunal Regional Eleitoral e Ministério Público para tomar as providências cabíveis. A OAB garante sigilo de informações dos denunciantes.


(Com assessoria)

Jornal Midiamax