Geral

Moagem de cana-de-açúcar recua 7,7% e impacta na produção de etanol

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas usinas da região Centro-Sul do país este ano, até o final de setembro, totalizou 381,3 milhões de toneladas. O resultado representa um recuo de 7,78% em comparação à moagem no mesmo período do ano passado (413,58 milhões de toneladas). O balanço foi divulgado hoje (9) pela União da Indústria […]

Arquivo Publicado em 09/10/2012, às 18h37

None

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas usinas da região Centro-Sul do país este ano, até o final de setembro, totalizou 381,3 milhões de toneladas. O resultado representa um recuo de 7,78% em comparação à moagem no mesmo período do ano passado (413,58 milhões de toneladas). O balanço foi divulgado hoje (9) pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).



No acumulado do ano, a quantidade fabricada de açúcar atingiu 24 milhões de toneladas, contra 26 milhões de toneladas apuradas em igual período de 2011. Já a produção acumulada de etanol somou 15,1 bilhões de litros (11,3% a menos do que no ano passado), sendo 5,99 bilhões de litros de etanol anidro (8,6% a menos que em 2011) e 9,13 bilhões de litros de etanol hidratado (queda de 12,9%), utilizado nos carros flex (movidos a álcool ou gasolina).



De acordo com o presidente interino da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, mesmo com a produção menor de álcool, o ritmo das usinas está acelerado, para atender a demanda. “Nas últimas quinzenas, as empresas priorizaram a produção de etanol e na segunda metade de setembro a produção atingiu 19,93 litros de anidro por tonelada de cana processada. Este ritmo de produção é importante para garantir o atendimento da demanda doméstica e das exportações contratadas”, disse.



No acumulado da safra, as vendas de etanol somam 10,66 bilhões de litros, dos quais 4,56 bilhões de litros foram de etanol anidro e 6,1 bilhões de litros, de etanol hidratado. Do montante total, 8,9 bilhões de litros direcionaram-se ao mercado interno, enquanto as exportações somaram 1,76 bilhão de litros.


Jornal Midiamax