Geral

Ministro venezuelano diz que Panetta quer impor ‘capitalismo’

O ministro da Defesa da Venezuela, Henry Rangel Silva, afirmou nesta sexta-feira que o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Leon Panetta, não “anda buscando a integração” em sua atual visita à região, mas quer que “o capitalismo se posicione na América do Sul”. “O secretário de Defesa dos EUA anda pela América do Sul […]

Arquivo Publicado em 27/04/2012, às 20h14

None

O ministro da Defesa da Venezuela, Henry Rangel Silva, afirmou nesta sexta-feira que o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Leon Panetta, não “anda buscando a integração” em sua atual visita à região, mas quer que “o capitalismo se posicione na América do Sul”.


“O secretário de Defesa dos EUA anda pela América do Sul buscando alianças, aproximações com a venda de armas”, disse Rangel Silva citado no Twitter do Comando Estratégico Operacional das Forças Armadas (CEOFANB).


“Esse senhor não anda buscando a integração, anda buscando que o capitalismo se posicione na América do Sul”, completou o ministro da Defesa venezuelano, que está na lista feito pelo Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (Ofac) do Departamento do Tesouro americano por seus suspostos vínculos com o narcotráfico e organizações terroristas.


“Não perca tempo secretário da Defesa dos EUA, a América do Sul está consolidada em uma Grande Pátria”, disse a autoridade venezuelana.


Panetta, que visitou Bogotá, Brasília, Rio de Janeiro e Santiago durante sua primeira visita à região como secretário da Defesa, previa participar nesta sexta-feira de treinamentos militares no norte do Chile antes de retornar a Washington.


Durante a viagem, Panetta reiterou que os Estados Unidos já não querem impedir o desenvolvimento das capacidades militares na região e buscam “alianças inovadoras” com seus parceiros latino-americanos.

Jornal Midiamax