Geral

Jovens de Corumbá participam de “peneira” sonhando com o Corinthians

Um olheiro do atual campeão mundial de clubes avalia atletas de Corumbá

Arquivo Publicado em 26/12/2012, às 16h41

None
179779094.jpg

Um olheiro do atual campeão mundial de clubes avalia atletas de Corumbá

O sonho de jogar no Corinthians está um pouquinho mais perto para jovens corumbaenses na faixa entre 10 e 17 anos. Um olheiro do atual campeão mundial de clubes avalia atletas que participam de uma “peneira” [seleção para descobrir jogadores para as categorias de base] comandada pelo treinador e ex-lateral esquerdo, Cláudio Mineiro. A avaliação acontece no estádio Arthur Marinho e termina nesta quinta-feira, 27 de dezembro.


“Damos uma olhadinha, porque há renovação grande no Corinthians a cada ano. O Cláudio faz um trabalho de peneira aqui e eu venho para observar os atletas que ele tem em mente. Levo a informação para o departamento de futebol amador em São Paulo. Havendo interesse, com respaldo deles, levamos para observá-los em São Paulo”, disse José Eduardo Toledo Pereira, responsável pela avaliação técnica da garotada.



O olheiro que está em Corumbá é simplesmente uma lenda para os corintianos. Foi titular da zaga campeã paulista de 1977, quebrando um jejum de mais de duas décadas sem títulos do alvinegro do Parque São Jorge. Zé Eduardo, como o quarto-zagueiro era conhecido à época, foi titular ao longo de todo aquele Paulistão. Jogou as duas primeiras partidas da final contra a Ponte Preta. Lesionado não participou do histórico jogo de 13 de outubro de 1977, que deu o campeonato ao Corinthians, após gol de Basílio.




“Faço isso no Brasil inteiro e espero que alguns possam interessar. Todos os garotos foram convidados, não houve custo nenhum. O trabalho que faço pro Corinthians é para o departamento amador, com autorização do pessoal de lá”, completou Zé Eduardo.



Animados com a chance de tentar uma vaga nas categorias de base corintiana, os garotos se esforçaram na manhã desta quarta-feira, dia 26. “Meu sonho sempre foi jogar no Corinthians, se um dia estiver lá, jogando ao lado dos meus ídolos, vai ser uma glória para mim. Sou corintiano de coração”, disse Alexssander Ortega, 16, que atua na zaga. “Me esforcei bastante”, completou. O goleiro Ricardo Luís da Silva, 15, destacou que a oportunidade é boa para quem sonha em ser jogador de futebol. “É uma grande chance; já fiz uma [peneira] no Atlético Mineiro e não deu certo, mas é seguir em frente, levantar a cabeça. O que não pode é desistir”, afirmou o garoto.



“A intenção é fazer com que Corumbá apareça de forma positiva no cenário nacional. Temos futebol e muitos talentos”, disse, à beira do gramado, Cláudio Mineiro.


Jornal Midiamax