Geral

Irregularidades no segundo turno somam 296 ocorrências em todo o país

O segundo turno das eleições municipais de 2012 já soma 296 ocorrências, 69 delas com prisão de eleitores. O balanço foi divulgado por volta das 16h pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que faz a totalização dos números encaminhados pelos tribunais eleitorais regionais. Nenhuma ocorrência envolve candidatos. O estado que registra o maior número de ocorrências […]

Arquivo Publicado em 28/10/2012, às 19h08

None

O segundo turno das eleições municipais de 2012 já soma 296 ocorrências, 69 delas com prisão de eleitores. O balanço foi divulgado por volta das 16h pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que faz a totalização dos números encaminhados pelos tribunais eleitorais regionais. Nenhuma ocorrência envolve candidatos.



O estado que registra o maior número de ocorrências é o Rio de Janeiro (114), a maioria por boca de urna (82). Também é o estado onde houve o maior número de prisões até agora: 60. Ceará e Minas Gerais seguem em segundo e terceiro lugares no ranking de ocorrências, com 49 e 41, respectivamente. São Paulo apresentou apenas uma ocorrência até agora – um caso de boca de urna com prisão.



A boca de urna é o delito mais comum neste domingo, com 163 ocorrências em todo o país – 60 delas resultaram em prisão. A divulgação ilegal da propaganda somou 75 ocorrências, e a compra de votos foi registrada 28 vezes, a maioria em Mato Grosso (23 casos).



Quem decide sobre a necessidade de prisão é o fiscal eleitoral ou o policial. Por isso, em alguns lugares podem haver casos de prisões por prática de boca de urna, por exemplo, e em outros apenas advertência e liberação dos envolvidos.



Os números divulgados pelo TSE podem ter atrasos em relação aos dados dos tribunais locais, pois a Corte Superior é responsável apenas por consolidar as informações. No Rio de Janeiro, por exemplo, o tribunal local divulgou há poucos minutos que 105 pessoas já tinham sido presas por crime eleitoral até o momento.



O TSE ainda não confirma se divulgará boletim final com dados de todos os estados após o encerramento da votação em todo o país.


Jornal Midiamax