Geral

Índice de DST aumenta 25% em Três Lagoas

Hoje, no Dia de Combate à AIDS, haverá ações de conscientização na Ramez Tebet

Arquivo Publicado em 01/12/2012, às 13h53

None

Hoje, no Dia de Combate à AIDS, haverá ações de conscientização na Ramez Tebet

De 2011 para 2012, o número de casos de DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) em Três Lagoas aumentou em 25%, segundo o Programa DST/AIDS, com 403 pessoas em tratamento atualmente. A psicóloga e coordenadora do CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento) do Programa, Susie Donero, informou que os casos de sífilis e HPV foram os que puxaram a alta.


Ela informou que foram 60 casos de sífilis no ano passado contra 76 esse ano, até agora. Já no caso do HPV, não há um dado comparativo, porém, elA calcula que, na média, passam 30 pessoas por mês para fazerem a cauterização, considerando-se que a doença consiste em uma verruga que nasce no órgão genital. “A média é de que uma pessoa por dia faça o processo de cauterização”, relatou.


Dentre as DSTs, uma das mais conhecidas e preocupantes é a AIDS (Síndrome da Imune Deficiência Adquirida). O número de casos se encontra estável, porém, ainda tem números significativos. Susie informou que, no ano passado, foram 32 casos, de janeiro a dezembro. Neste ano, apenas de janeiro a setembro (dado mais atual), foram contabilizados 29 casos.


A coordenadora comentou que, um dos fatos pelo qual se explica o aparecimento de registro de outras DSTs além da AIDS, é que se passou a fazer testagens de outras doenças, sendo que antes só se fazia da doença já citada.


Campanha


Nesta semana, o Programa DST/AIDS realizou uma Campanha da Semana Nacional de Prevenção às DSTs, trabalhando com conscientização e testagem em diferentes grupos da sociedade.


Ontem (30), no Buffet Souvenir, foi realizada uma palestra, tendo como público-alvo, profissionais da Saúde, da Assistência social, da Promotoria e do Corpo de Bombeiros, que foram alertados sobre o vício do álcool e das drogas, bem como da vulnerabilidade que esses usuários têm às DSTs.


Hoje (1º), no Dia Mundial de Combate à AIDS, o evento ocorre na Praça Senador Ramez Tebet. De acordo com Susie, serão disponibilizados testes de HIV, sífilis, hepatites B e C, abertos a toda a população, com resultado em meia hora. Também serão entregues preservativos e materiais de instrução, como panfletos.


Também serão oferecidos diferentes tipos de vacina, da qual pode-se destacar a que imuniza contra hepatite B, uma vez que esse tipo de imunizante só e distribuído a pessoas com, no máximo 29 anos. Hoje ela estará aberta a todos.


Na mesma oportunidade, também serão feitos testes de visão com profissionais do Sest/Senat (Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem ao Transporte) e uma campanha de orientação antitabagista.

Jornal Midiamax