Geral

Handebol feminino supera tensão da estreia e quer corrigir erros

Após passar por um teste complicado na primeira rodada do handebol feminino, vencendo a Croácia por 24 a 23, as jogadoras da Seleção Brasileira saem fortalecidas para o próximo confronto, diante da fortíssima seleção montenegrina, na próxima segunda-feira, às 15h30 (de Brasília). Um dos pontos marcantes da partida deste sábado foi a tensão por parte […]

Arquivo Publicado em 28/07/2012, às 21h37

None

Após passar por um teste complicado na primeira rodada do handebol feminino, vencendo a Croácia por 24 a 23, as jogadoras da Seleção Brasileira saem fortalecidas para o próximo confronto, diante da fortíssima seleção montenegrina, na próxima segunda-feira, às 15h30 (de Brasília).

Um dos pontos marcantes da partida deste sábado foi a tensão por parte de ambas as equipes, algo até normal na primeira rodada de uma competição como as Olimpíadas. A goleira Chana destacou bem esse fato. “Por conta da tensão da estreia, a nossa qualidade caiu um pouco com relação ao que temos mostrado. Mas as adversárias também estavam do mesmo jeito. Quando ficamos mais tranquilas, começamos a acertar os ataques. Em compensação, a defesa foi muito bem”, avaliou a jogadora.

O comandante da Seleção, Morten Soubak, também percebeu a tensão da primeira partida. “Está claro que entramos nervosos em quadra. A bola não entrava e tivemos erros de fundamento no começo, que atrapalharam bastante”, ressaltou o dinamarquês. “Na segunda metade, não jogamos muito bonito, mas fizemos o que foi preciso. Foi um jogo equilibrado como já esperávamos. No entanto, tivemos muitos erros que temos que melhorar”, finalizou.

Jornal Midiamax