Geral

Funtrab informa que trabalhador pode emitir carteira de trabalho sem custo

A Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab) realiza o serviço de emissão de carteira de trabalho sem custo para o trabalhador. Os interessados devem comparecer ao prédio da Funtrab, na Rua 14 de Julho, 992 – Vila Glória. O horário de atendimento é das 7h30 às 17h30.  De acordo com a Funtrab […]

Arquivo Publicado em 24/01/2012, às 21h11

None

A Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab) realiza o serviço de emissão de carteira de trabalho sem custo para o trabalhador. Os interessados devem comparecer ao prédio da Funtrab, na Rua 14 de Julho, 992 – Vila Glória. O horário de atendimento é das 7h30 às 17h30. 

De acordo com a Funtrab mais de 56 mil trabalhadores que buscam novas oportunidades no Estado foram encaminhados, em 2011, para vagas de empregos no mercado formal e informal. Um levantamento aponta que no ano passado, 19.054 carteiras de trabalho foram emitidas pelo órgão. 
O trabalhador pode tirar o documento pela primeira vez ou emitir a segunda via para quem perdeu a carteira de trabalho. Neste caso, é necessário apresentar Boletim de Ocorrência.

Para a emissão da 1ª via o trabalhador deve levar RG e duas fotos 3×4 iguais e recentes, lembrando que não serão aceitas fotografias digitais. 

Os interessados também podem apresentar como documento de identificação: certificado de reservista, carta patente (no caso de militares), carteira de identidade militar ou certificado de dispensa de incorporação. No caso de menores de 18 anos, a Funtrab aceita documento com foto ou certidão de nascimento. 
 Segunda Via 
A 2ª via da carteira de trabalho poderá ser emitida somente em casos de extravio, furto, roubo, perda, continuação ou, se o documento estiver danificado. Neste caso, é considerada a danificação se a carteira estiver sem fotografia, rasurada e não constar foto. A carteira de trabalho deve estar em condições normais e legíveis de utilização pelo empregador. 
Os documentos que tiverem com folhas arrancadas devem ser emitidos novamente.

Para os casos de extravio, furto, roubo e perda o trabalhador deve apresentar, além de documentos e fotos, o Boletim de Ocorrência Policial. 

Além disso, é preciso comprovar o número da carteira anterior, apresentando extrato do PIS/PASEP ou FGTS; cópia da ficha de registro de empregado com carimbo do CGC da empresa; termo de rescisão do contrato de trabalho homologado pelo sindicato de classe, ou Ministério do Trabalho ou Ministério Público ou Defensoria Pública ou Juiz de Paz. 
Para emissão da via de Continuação, o requerente deverá apresentar além da foto e do documento de identificação, a carteira anterior. Essa substituição só será aceita mediante a constatação do preenchimento total de pelo menos um dos campos, ou seja, contrato de trabalho, férias, anotações gerais e outros. 
 A Funtrab está localizada na rua 14 de Julho, 992 – Vila Glória e o telefone para mais informações é o (67) 3320-1400. A carteira de trabalho pode ser emitida das 7h30 às 17h30.
Jornal Midiamax