Geral

Flamengo joga mal, apenas empata com Sport e desperdiça chance de subir na tabela

Com um intenso volume de jogo e um gol logo no início da partida, o Flamengo deu indícios de que aproveitaria a má fase do Sport para conseguir mais uma vitória nesta quinta-feira, em Volta Redonda. No entanto, o encanto durou menos de 20mim. Com uma atuação ruim na sequência do duelo, o rubro-negro carioca […]

Arquivo Publicado em 31/08/2012, às 02h03

None

Com um intenso volume de jogo e um gol logo no início da partida, o Flamengo deu indícios de que aproveitaria a má fase do Sport para conseguir mais uma vitória nesta quinta-feira, em Volta Redonda. No entanto, o encanto durou menos de 20mim. Com uma atuação ruim na sequência do duelo, o rubro-negro carioca apenas empatou por 1 a 1 com os pernambucanos e desperdiçou mais uma chance de subir na tabela do Campeonato Brasileiro. Ibson marcou para a equipe da Gávea, enquanto Felipe Azevedo descontou para os visitantes.


E o Flamengo não lamentou sozinho o resultado e a manutenção na décima colocação da competição. O Sport também não teve motivos para comemorar, já que completou a 11ª partida sem vitória e não conseguiu deixar a penúltima posição na classificação do Brasileiro.


Mesmo com motivações distintas, ambas as equipes buscavam a vitória e fizeram com que a partida começasse muito movimentada em Volta Redonda. Flamengo e Sport exploravam as jogadas pelo lado esquerdo do campo e marcaram gols logo no início do jogo.


Primeiro, foi a vez do rubro-negro carioca. Aos 13min, Thomas partiu para cima da marcação e rolou na entrada da área para Ibson. Com categoria, o camisa 7 bateu de primeira no canto direito de Magrão e abriu o placar. Seis minutos depois, também pela esquerda, o time pernambucano empatou. Moacir fez excelente jogada e rolou para Hugo, que chutou cruzado na trave de Felipe. No rebote, Felipe Azevedo completou o lance e empurrou para o fundo das redes.


E o gol do Sport determinou uma nova ordem na partida. Enquanto o time da casa, se abalou com o empate, os visitantes cresceram no jogo e dominaram as principais ações do primeiro tempo. Ainda assim, faltou capricho na hora do último toque e o placar se manteve em igualdade no apito do juiz para o intervalo.


Na volta dos times para a segunda etapa, o Flamengo conseguiu conter o ímpeto do Sport e igualou as ações da partida. No entanto, com a saída de Cáceres e a entrada de Liedson no time carioca, os visitantes voltaram a assustar mais. Com muito espaço no meio campo, o jogo ficou aberto e os pernambucanos aproveitavam com algumas chegas perigosas.


O tempo passou e as duas se lançaram ao ataque em busca do gol que poderia significar a conquista dos três pontos. O desespero e a pressa, porém, não eram sinônimos de eficiência. Flamengo e Sport voltaram a errar muito nas finalizações e não conseguiram modificar o empate por 1 a 1 construído ainda no início do jogo.


Jornal Midiamax