Geral

Facebook: 85% da receita é publicidade

Balanço financeiro da maior rede social do mundo aponta um expressivo crescimento da receita com anúncios; companhia, no entanto, encerra trimestre com prejuízo

Arquivo Publicado em 29/07/2012, às 16h45

None

Balanço financeiro da maior rede social do mundo aponta um expressivo crescimento da receita com anúncios; companhia, no entanto, encerra trimestre com prejuízo

De toda a receita obtida pelo Facebook, a maior rede social do mundo, quase 85% provém da publicidade. Os resultados financeiros divulgados pela companhia de Mark Zuckerberg nessa quinta-feira, 26, mostram um crescimento de 32% na receita total do segundo semestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2011.

Nos meses de abril, maio e junho de 2012, o Facebook conseguiu obter uma receita total de US$ 1,18 bilhão de dólares. Desse montante, US$ 955 milhões (ou seja, 84%) provém das receitas obtidas junto aos anunciantes. Em comparação com o segundo trimestre do ano passado, o faturamento com publicidade da rede social deu um salto de 28%.

Esses são os primeiros resultados financeiros divulgados pela companhia desde a abertura do capital (IPO), ocorrida no último mês de maio. O Facebook, que ainda enfrenta hesitações do mercado em relação às suas ações, acumulou, apesar da elevação da receita, um prejuízo líquido de US$ 157 milhões no trimestre. De acordo com a companhia, a queda decorre dos custos relacionados às compensações acionárias de sua oferta pública de ações.

Em termos de usuários, a curva do Facebook continua ascendente. A rede social encerrou o segundo trimestre do ano com um total de 955 milhões de usuário em todo o mundo. Em março, esse número era de 901 milhões de pessoas. O Brasil já corresponde a segunda maior “população” da rede, de acordo com dados da consultoria Social Bakers.

Jornal Midiamax