Geral

Espetáculo “Sólo, não Só” estréia em Campo Grande no domingo

Com o patrocínio do Fundo de Investimentos Culturais da Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul, estréia neste sábado (16) e fica em cartaz nos dias 17, 23 e 24 de junho, na Casa de Cultura Colaborativa, em Campo Grande, o espetáculo “Sólo, não Só”, da atriz Patrycia Andrade, do grupo Mercado […]

Arquivo Publicado em 15/06/2012, às 16h32

None

Com o patrocínio do Fundo de Investimentos Culturais da Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul, estréia neste sábado (16) e fica em cartaz nos dias 17, 23 e 24 de junho, na Casa de Cultura Colaborativa, em Campo Grande, o espetáculo “Sólo, não Só”, da atriz Patrycia Andrade, do grupo Mercado Cênico.

O espetáculo é a expressão contemporânea contada por uma mulher que se vê desnuda diante de testemunhas que serão cúmplices de sua vivência construída através de cartas lidas junto aos espectadores, revelando-se a cada instante o despertar da criação. A peça é uma construção dramatúrgica que traz como base a inspiração poética de Edson Marques e Patrícia Sampaio.

Ao som do violino, a atriz traz o universo particular de uma personagem cujo público será testemunha da vertigem. Seu inconsciente revela-se em uma pequena sala enquanto aguarda seus convidados para a cerimônia. Ela sutilmente retoca seu batom vermelho quando é inundada por pensamentos insanos com Nietzsche e Almodóvar.

O solo também marca os 15 anos de carreira de Patrycia Andrade, uma das mais atuantes atrizes do teatro sul-mato-grosense. Assinam também a ficha técnica o figurinista Luiz Gugliatto, Heltón Perez no projeto visual, Cadu Fluhr na iluminação, o violinista Caio Fortunato, maquiagem de Hélder Marucci e a produção de Vitor Samudio.

Serviço: O espetáculo será encenado nos dias 16, 17, 23 e 24 de junho na Casa de Cultura Colaborativa em duas sessões por dia. Aos sábados, às 20h e 21h30 e aos domingos, às 19h e 20h30, com público limitado a 30 pessoas por sessão.

A Casa de Cultura Colaborativa fica na Rua Pedro Celestino, 2851 (esquina com a Rua Amazonas), no Bairro São Francisco. Os ingressos serão vendidos a R$ 10,00 no local uma hora antes de cada sessão.

Jornal Midiamax