Geral

Espetáculo ‘Ghetto Super Star’ é a atração do Cena Som nesta quinta

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) realiza mais uma edição do projeto Cena Som nesta quinta-feira (14) com o espetáculo de dança “Ghetto Super Star” do Estúdio Márcio Oliveira, às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. O evento tem classificação livre e duração aproximada de […]

Arquivo Publicado em 14/06/2012, às 10h45

None

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) realiza mais uma edição do projeto Cena Som nesta quinta-feira (14) com o espetáculo de dança “Ghetto Super Star” do Estúdio Márcio Oliveira, às 20 horas, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo. O evento tem classificação livre e duração aproximada de 60 minutos.


O show de dança retrata as várias faces da rua, mostrando o Hip-Hop, Dance, Poping, B.boying, Locking, Funk entre outros estilos vertentes das danças urbanas. O trabalho se desenvolve através da apresentação de Márcio Oliveira, Mark, dançarinos do Estúdio, grupo Soul Ghetto Kids e participação especial do grupo D´Soul de Cuiabá (MT).


O espetáculo foi concebido a partir de vários segmentos coreográficos e processos criativos desenvolvidos durante a trajetória de Márcio Oliveira no Street Dance. Cada pauta leva o público a uma experiência diferente. O espetáculo, além dos segmentos coreográficos, conta com momentos de apresentação dos fundamentos (vocabulário básico de movimentos) da dança de rua, aproximando e envolvendo o público com esse universo codificado, além das cenas teatrais que enriquecem o enredo.


Márcio Oliveira, ao longo de seus dez anos na dança, já participou de vários festivais nacionais e de grupos dos Estados de MS e MT, entre eles: Funk-Se, Charme Dance, Art de Rua e D’Soul, grupo do qual ainda é coreógrafo em parceria com seu irmão Mark.


O Estúdio Márcio Oliveira tem parceria com Associação Nipo-Brasileira há dois anos e vem formando dançarinos com idade mínima de sete anos, não havendo limite de idade.


Márcio é diretor e coreógrafo do projeto Aishiteru Hip-Hop na Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira de Campo Grande e organizador em Mato Grosso do Sul da batalha no Street Dance Fest. Pesquisador de Danças Urbanas é reconhecido pelo trabalho social feito com crianças e adolescentes nos Estados de MS e MT.


Através de seu estilo de dançar, Márcio ganhou destaque como dançarino e coreógrafo no Festival Mato-Grossense da dança conquistando o 1º lugar na dança de rua – conjunto avançado com o grupo D’Soul de 2004 a 2007; em 2008 conquistou o 1º lugar de dança de rua – solo avançado e 1º lugar na batalha de B.boys, além de ter ministrado Workshop No Festival América do Sul, dentre outras premiações.


Os ingressos têm valor de R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia) e podem ser comprados na bilheteria do teatro 1 hora antes da apresentação ou antecipadamente na Krash Skate situada na rua Maracaju, 89 – Centro das 8h30 às 19 horas. A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante.


Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre as ruas Calógeras e a 14 de Julho.

Jornal Midiamax