Geral

Dunga diz que vai trabalhar em 2013 e admite volta à Seleção

Sem trabalhar no futebol desde que deixou o comando da Seleção Brasileira após a Copa do Mundo de 2010, o técnico Dunga confirmou nesta quinta-feira que vai voltar à função em 2013. Convidado do programa Altas Horas, da Rede Globo, o ex-volante disse que seguramente estará empregado na próxima temporada e admitiu que voltaria ao […]

Arquivo Publicado em 23/11/2012, às 00h44

None

Sem trabalhar no futebol desde que deixou o comando da Seleção Brasileira após a Copa do Mundo de 2010, o técnico Dunga confirmou nesta quinta-feira que vai voltar à função em 2013. Convidado do programa Altas Horas, da Rede Globo, o ex-volante disse que seguramente estará empregado na próxima temporada e admitiu que voltaria ao comando da Seleção se for chamado.

O apresentador Serginho Groisman, nas considerações finais do programa, perguntou a Dunga o que viria pela frente. O técnico, cotado para assumir o Internacional após a demissão de Fernandão, se limitou a dizer “seguramente vou trabalhar em 2013” antes de agradecer a participação no programa ao lado do ator Ricardo Tozzi, do comediante Marcelo Adnet e do piloto Rubens Barrichello.

Entre as perguntas levantadas pela plateia, Dunga respondeu sobre a possibilidade de voltar à Seleção Brasileira. “A Seleção você não escolhe, você é convocado. Ter dirigido uma vez é um sonho realizado, e a segunda vez eu acho que seria quase impossível. Mas se chamar, não tem problema nenhum: volto lá para botar minhas ideias em prática”, afirmou o técnico, que teve passagem criticada pelo cargo após ser eliminado nas quartas de final na África do Sul.

Durante a gravação, Dunga se mostrou muito à vontade, uma das coisas ressaltadas por ele próprio em conversa com Groisman. “Dizem que eu não gosto da imprensa, que eu não gosto de jornalista. Vim aqui e me diverti muito”, exaltou. Foi até assediado pelo cantor espanhol Alejandro Sanz, que em um dos intervalos se dirigiu até ele para cumprimentá-lo e bater papo rapidamente.

Dunga também mostrou bom humor em um dos quadros no qual fotos de telespectadores com pessoas famosas são exibidas no telão. Ele foi um dos mostrados, ao lado de uma garota. “Ainda bem que está na rua, porque aí não compromete”,brincou. Na presença da sexóloga Laura Muller, explicou sobre o sexo na concentração da Seleção Brasileira: “essas coisas eu não podia resolver por eles. Eles tinham tempo livre, e aí é cada um por si”.

Jornal Midiamax