Geral

Dow Jones fecha em leve baixa de 0,09%

O Dow Jones Industrial, o principal índice de referência de Wall Street, fechou nesta segunda-feira em leve baixa de 0,09%, à espera da conclusão da reunião dos ministros de Economia e Finanças da zona do euro em Bruxelas. Segundo dados provisórios ao final da sessão, esse índice, a principal referência do pregão nova-iorquino, diminuiu 11,66 […]

Arquivo Publicado em 23/01/2012, às 23h10

None

O Dow Jones Industrial, o principal índice de referência de Wall Street, fechou nesta segunda-feira em leve baixa de 0,09%, à espera da conclusão da reunião dos ministros de Economia e Finanças da zona do euro em Bruxelas.


Segundo dados provisórios ao final da sessão, esse índice, a principal referência do pregão nova-iorquino, diminuiu 11,66 pontos, para 12.708,82, e o seletivo S&P 500 ganhou um leve 0,05%. Já o índice composto do mercado Nasdaq também caiu 0,09%, até os 2.784,17 pontos.


O pregão fechou com essa falta de direção, já que os investidores optaram pela cautela enquanto esperavam o resultado do encontro do Eurogrupo, que trabalha para antecipar medidas sobre o pacto fiscal e o fundo de resgate europeu.


Além disso, o mercado está inquieto por causa das negociações sobre o perdão da dívida da Grécia entre o país e os credores privados. Os investidores também aguardam o início da reunião de dois dias do Federal Reserve sobre política monetária.


O Dow Jones fechou dividido entre avanços e retrocessos: do lado negativo destaquem para a seguradora Travelers (-2,11%) e o fabricante de produtos para o lar Procter & Gamble (-1,86 %).


Do lado positivo, figuram o Bank of America (2,55 %) e as empresas de tecnologia Hewlett-Packard (1,96 %) e Intel (1,25 %).


A temporada de resultados empresariais nos EUA continuou com a Halliburton, que caiu um 2,1% apesar de seu lucro ter aumentado 50%; e com a Texas Instruments (-1,34%), que divulgou suas contas após o fechamento.


No mercado Nasdaq, destaque para a queda da canadense Research In Motion (-8,47%), um dia após os fundadores da empresa renunciarem ao seu cargo após meses de notícias ruins para o fabricante de BlackBerry.


Também nesse índice, o grupo midiático News Corp subiu 0,1% após lançar com o “RCN” o “MundoFox”, uma nova televisão em espanhol. Já a Amazon perdeu 2,53%, apesar do anúncio da criação de um novo centro na Carolina do Sul.


A companhia petrolífera americana Apache subiu 1,63% após anunciar a compra de seu concorrente Cordilheira Energy por US$ 2.850 bilhões.


Outra surpresa foi a empresa do setor de energia Chesapeake, que subiu 6,3% após anunciar que reduzirá sua produção de gás natural devido à queda do preço desse combustível nos últimos anos.


Em outros mercados, o petróleo subiu até US$ 99,58 dólares por barril depois que a União Europeia anunciou o embargo à importação de petróleo do Irã, enquanto o ouro subiu a US$ 1.678,3 a onça.


Já o dólar perdeu terreno frente ao euro, que era negociado a US$ 1,3027, e rentabilidade da dívida pública americana a dez anos subiu a 2,06%.


Jornal Midiamax