Geral

DEM decide dia 10 se apoiará Azambuja ou Giroto

Integrantes dos diretórios regional e municipal do DEM se reunirão no próximo dia 10 de maio para discutir os rumos do partido na disputa pela sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB). No encontro, os dirigentes pretendem “afinar” o discurso para definir sobre quem a legenda apoiará nestas eleições. Com as pré-candidaturas a prefeito dos deputados federais […]

Arquivo Publicado em 24/04/2012, às 16h59

None

Integrantes dos diretórios regional e municipal do DEM se reunirão no próximo dia 10 de maio para discutir os rumos do partido na disputa pela sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB). No encontro, os dirigentes pretendem “afinar” o discurso para definir sobre quem a legenda apoiará nestas eleições.


Com as pré-candidaturas a prefeito dos deputados federais Edson Giroto (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB), o DEM encontra-se divido. O presidente municipal do partido, vereador Airton Saraiva, defende a aliança com o PMDB, enquanto o presidente regional, deputado estadual Zé Teixeira, é a favor de uma coligação com o PSDB.


Segundo Saraiva, na reunião do próximo dia 10 os democratas darão início às discussões internas para definir o apoio da legenda nestas eleições. Além do presidente municipal, estão confirmadas as presenças de Zé Teixeira e do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM).


“Vamos nos reunir para expor nossos entendimentos e afinar nosso discurso. A partir desse encontro é que vamos começar a ter o entendimento e, em conjunto, escolher o que será melhor para o Democratas”, comentou Airton Saraiva, único representante do DEM na Câmara de Campo Grande.


Depois de se queixar de não ter sido procurado por Azambuja para discutir o apoio dos Democratas, o vereador revelou que foi procurado pelo deputado federal na última semana para tratar do assunto. “Nos encontramos e fizemos uma longa reunião, mas a decisão só virá depois de um entendimento com todo o partido”, reforçou.


De acordo com Saraiva, independente do destino do DEM, a pauta considerada prioritária para o partido está no debate da composição das chapas de vereadores. “Essa é a nossa maior preocupação, na chapa proporcional, para podermos fazer mais vereadores”, concluiu.

Jornal Midiamax