Geral

Delcídio e reitor discutem plano para melhorar estrutura da UEMS

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) se reuniu em Brasília com o reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul(UEMS), Fábio Edir, com quem discutiu alternativas para melhorar a estrutura da instituição, presente hoje em 15 municípios do estado. “O reitor Edir me apresentou um plano que prevê a construção de novos espaços, centro […]

Arquivo Publicado em 23/11/2012, às 11h12

None
1293986323.jpg

O senador Delcídio do Amaral (PT/MS) se reuniu em Brasília com o reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul(UEMS), Fábio Edir, com quem discutiu alternativas para melhorar a estrutura da instituição, presente hoje em 15 municípios do estado.



“O reitor Edir me apresentou um plano que prevê a construção de novos espaços, centro de convivência, anfiteatro, laboratórios, além da recuperação e aquisição de novos equipamentos para todos os campi da UEMS. Vamos trabalhar junto ao Ministério da Educação e outras fontes de financiamento para atender os projetos em sua totalidade porque a Universidade Estadual, a exemplo de outras instituições de ensino, desempenha papel fundamental na formação e qualificação de mão-de-obra que atenderá as necessidades impostas pela diversificação da economia de Mato Grosso do Sul”, afirmou Delcídio.



O senador também recebeu em seu gabinete a visita do presidente do Conselho Federal de Administração, Sebastião Mello, que lhe entregou um projeto de treinamento para consultores de micro e pequenas empresas, amparado por decreto do Ministério da Indústria e Comércio, com emenda aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), presidida por Delcídio.



“O projeto é muito interessante e se encaixa perfeitamente na proposta de incentivar o empreendedorismo”, observou o senador.



Outra audiência foi concedida ao presidente da Embrapa, Mauricio Lopes, que levou uma proposta de substitutivo ao Projeto de Lei do Senado 222, de autoria de Delcídio, que prevê a abertura de capital da empresa .



“Trouxemos para análise do senador a possibilidade de criação de uma subsidiária de capital integral , vinculada e controlada pela Embrapa, que nos ajudaria a trabalhar ativos desenvolvidos pela empresa, em cooperação com o setor privado , desenvolvendo novos negócios, que é o nosso grande objetivo. Com isso, ao invés de trabalharmos o conceito da abertura total de capital da Embrapa, trabalharíamos na estruturação de uma subsidiária , permitindo à Embrapa interagir com a iniciativa privada com grande agilidade e eficiência”, explicou Lopes.



Delcídio prometeu avaliar a proposta.


Jornal Midiamax