Geral

Com show de artilheiro, Portuguesa goleia e afunda Sport no Canindé

A Portuguesa conquistou um fundamental resultado para evitar qualquer pensamento na briga pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira, no Estádio do Canindé, a equipe rubro-verde goleou o Sport pelo placar de 5 a 1, com três gols do artilheiro Bruno Mineiro (primeiro colocado na tabela de goleadores da Série A com 14 […]

Arquivo Publicado em 05/10/2012, às 01h11

None

A Portuguesa conquistou um fundamental resultado para evitar qualquer pensamento na briga pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira, no Estádio do Canindé, a equipe rubro-verde goleou o Sport pelo placar de 5 a 1, com três gols do artilheiro Bruno Mineiro (primeiro colocado na tabela de goleadores da Série A com 14 tentos), e se sacramentou na zona intermediária da classificação. De quebra, o time paulista ainda ajuda o Palmeiras, rival direto dos pernambucanos na disputa contra a degola.

O resultado positivo conquistado diante do torcedor deixa a Portuguesa em situação tranquila na competição. Com 36 pontos, a equipe do técnico Geninho abriu nove em relação ao próprio Sport, primeiro time dentro da zona de rebaixamento no 17º posto. O Palmeiras, que encara no sábado o São Paulo, soma 26 e pode ultrapassar o adversário rubro-negro logo na rodada do próximo final de semana.

Embalado pelo resultado positivo, a Portuguesa retorna a campo na quarta-feira, dia 10, às 19h30 (de Brasília), quando o clube do Canindé enfrentará o Cruzeiro. Por outro lado, o Sport, que se complicou na disputa da parte de baixo da tabela, receberá na quinta-feira, às 21h, o Grêmio, um dos postulantes ao título do Campeonato Brasileiro.

Embora tenha comemorado o resultado positivo ao final do duelo desta quinta-feira, a Portuguesa acabou surpreendida pelo Sport logo no início da partida. Acuado no campo defensivo e após ver Léo Silva carimbar o travessão, o Sport aproveitou uma jogada individual para abrir o placar. Aos 15min, Cicinho cruzou na medida para Hugo desviar de cabeça e vencer a disputa com o goleiro pentacampeão do mundo Dida.

O momento do Sport, entretanto, durou apenas 9min. Justamente o momento em que Bruno Mineiro teve a primeira oportunidade na partida. Ananias arrancou e cruzou na medida para o camisa 9, que arrematou firme e igualou o marcador no Estádio do Canindé; resultado de empate que se manteve até o final da primeira etapa.

O melhor ritmo da Portuguesa fez a diferença logo no retorno do intervalo. Logo aos 3min, após bola levantada para a área, o zagueiro Gustavo venceu disputa com Edcarlos e desviou na direção do gol. A bola, caprichosamente, tocou na trave e sobrou na medida para Bruno Mineiro dividir com Magrão e virar o placar para os paulistas.

O segundo tento condenou o Sport em campo. A péssima situação na tabela e a necessidade de reação ocasionaram em uma mudança brusca no comportamento da equipe dentro de campo. Descontrolado, o time de Waldemar Lemos cometeu duas falhas que custaram o resultado. A primeira ocorreu aos 21min, quando o sistema defensivo deixou Bruno Mineiro entrar livre na área e chutar firme para anotar o terceiro. Décimo quarto gol do camisa 9 da Portuguesa no Brasileiro, agora artilheiro da competição com um a mais do que Fred, do Fluminense.

Derrotado em campo, o Sport sucumbiu ainda mais 36min. O volante Renan errou na saída de bola, dentro da área, e perdeu a bola para Bruno Mineiro. O meia Moisés aproveitou a sobra de um rebote de Magrão para aplicar duas fintas dentro da área e finalizar firme para coroar com goleada a ótima atuação da Portuguesa no segundo tempo, e afundar ainda mais os pernambucanos no Campeonato Brasileiro. Antes do final do jogo, Rodriguinho ainda anotou o quinto.

Jornal Midiamax