Geral

Cia. Baraque Street Art apresenta o show ‘Inércia’ no Cena Som

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza mais uma edição do projeto Cena Som com o show “Inércia” do Cia. Baraque Street Art na próxima quinta-feira (22 de novembro), às 20h, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo (CCJOG). A classificação do espetáculo é de 12 anos e […]

Arquivo Publicado em 19/11/2012, às 14h46

None
1525965844.jpg

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), realiza mais uma edição do projeto Cena Som com o show “Inércia” do Cia. Baraque Street Art na próxima quinta-feira (22 de novembro), às 20h, no Teatro Aracy Balabanian do Centro Cultural José Octávio Guizzo (CCJOG). A classificação do espetáculo é de 12 anos e duração aproximada de 50 minutos.


Inspirada nas Leis de Newton, a Cia. Baraque Street Art utiliza como linguagem as Danças Urbanas para compor o espetáculo “Inércia” que retrata o ser humano, partindo de sua criação à evolução de seu estado, de maneira que, atrelado aos conceitos da Física, o espetáculo apresenta, questiona e confronta as condições em que esse homem, individual e social, se encontra.


Fundada em 2003, a Cia Baraque Street Art é formada por 17 jovens com idade entre 16 e 26 anos. Dirigida pelo acadêmico de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e bailarino, Henrique Lucas, a companhia tem como objetivo principal agregar à cultura do Estado, contribuindo para seu crescimento e representação em outras cidades do Brasil.


Contando com coreografias cheias de significado e mensagens de alegria, mudança de atitude e principalmente amor, a Cia. Baraque faz uso das danças urbanas contemplando todas as vertentes que fazem parte do estilo. A soma das modalidades e do potencial artístico de seus integrantes resulta em uma identidade própria, reafirmada com as apresentações da companhia em festivais e workshops ministrados em vários estados do país


Em sua trajetória, a Companhia marca presença em eventos culturais comemorativos de Campo Grande como Dança que a Cidade Dança e Dança Campo Grande, além de ser o grande vencedor na categoria adulto avançado do MS Street Festival, nos anos de 2011 e 2012. Além disso, já ministrou workshops no interior do Estado, em cidades como Dourados e Sidrolândia.


Com atuação que inclui viagens fora do estado, a Cia. BSA participou, nos últimos anos, de festivais nos estados de São Paulo e Goiás e ministrou workshops em São Paulo (SP), Campinas (SP), Cacoal (RO), Curitiba (PR) e Araguana (TO).


Serviço – O ingresso tem valor de R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia). A meia-entrada é valida para estudantes, professores, doadores de sangue e idosos (acima de 60 anos), com a apresentação de seu respectivo comprovante. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3317-1795 ou no Centro Cultural José Octávio Guizzo que fica localizado na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho.

Jornal Midiamax