Geral

Brasil vai à cerimônia de abertura com delegação desfalcada

Quando a delegação brasileira desfilar pelo Estádio Olímpico, nesta sexta-feira, às 17h (de Brasília), na cerimônia de abertura dos Jogos de Londres, não se engane: não estarão todos os representantes do País no evento. Segundo a assessoria de imprensa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), os atletas não têm a obrigação de comparecer ao evento, principalmente […]

Arquivo Publicado em 27/07/2012, às 14h14

None
149133361.jpg

Quando a delegação brasileira desfilar pelo Estádio Olímpico, nesta sexta-feira, às 17h (de Brasília), na cerimônia de abertura dos Jogos de Londres, não se engane: não estarão todos os representantes do País no evento. Segundo a assessoria de imprensa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), os atletas não têm a obrigação de comparecer ao evento, principalmente os que têm competições neste sábado.


Esse é exatamente o caso das meninas de futebol, handebol, basquete, e vôlei. No futebol, a segunda partida será contra a Nova Zelândia, às 10h30 (de Brasília). No mesmo horário, o handebol brasileiro enfrenta as croatas. No basquete o duelo será contra a França, às 16h. E no vôlei o embate será mais tarde, às 18h, diante da Turquia. Dos esportes individuais, natação, judô, tênis de mesa, tiro com arco e a equipe masculina de ginástica artística também se ausentarão por terem competições no sábado.


Contudo, outros atletas de outros esportes devem comparecer à festa mesmo com prova no dia seguinte. São os casos do boxe masculino, ciclismo de estrada feminino, esgrima feminina, hipismo de adestramento, remo, tênis, tiro esportivo, halterofilismo feminino e vôlei de praia.


Uma outra parte da equipe não representará o Brasil por estar alocada distante de Londres. Encaixam-se nesse cenário a vela e a Seleção Brasileira masculina de futebol, que só voltará a jogar no domingo, contra a Bielorrússia, em Manchester. Por ainda não estarem no Reino Unido ou por outros motivos, atletas de canoagem, luta olímpica, nado sincronizado, pentatlo moderno e taekwondo também vão desfalcar a equipe no Estádio Olímpico.


Assim, liderada pelo porta-bandeira Rodrigo Pessoa, a delegação brasileira terá aproximadamente 120 integrantes na cerimônia de abertura. Na festa, o Brasil será representado por esportistas de atletismo, basquete masculino, boxe, ciclismo, esgrima, hipismo, halterofilismo, remo, saltos ornamentais, tênis, tiro esportivo, vôlei masculino e vôlei de praia.

Jornal Midiamax