Geral

Bovespa fecha semana com alta de 3% e dólar recua a R$ 2,044

A Bolsa brasileira ampliou os ganhos na etapa final do pregão desta sexta-feira (15) e fechou em linha com as Bolsas dos Estados Unidos, após ter passado a maior parte do dia praticamente estável. As esperanças de uma ação coordenada de bancos centrais minimizou o nervosismo com a eleição na Grécia no domingo. O Ibovespa, […]

Arquivo Publicado em 15/06/2012, às 19h57

None

A Bolsa brasileira ampliou os ganhos na etapa final do pregão desta sexta-feira (15) e fechou em linha com as Bolsas dos Estados Unidos, após ter passado a maior parte do dia praticamente estável. As esperanças de uma ação coordenada de bancos centrais minimizou o nervosismo com a eleição na Grécia no domingo.


O Ibovespa, principal índice da Bovespa, registrou ganhos de 1,36%, aos 56.104,69 pontos. Na semana, a Bovespa avançou 3,08%. Em junho, o índice tem alta de 2,96% e no ano, queda de 1,14%.


Veja ainda no UOL a cotação das ações e fechamentos anteriores da Bolsa.


Já o dólar comercial recuou pelo segundo dia, após o governo anunciar ontem medidas para segurar a cotação, e em meio a rumores de que mais medidas estão em estudo.


A cotação do dólar  fechou em baixa de 0,66% em comparação com o real, a R$ 2,044 na venda. Com isso, a moeda norte-americana reduziu a alta da semana a 1%. Em junho, o dólar comercial registra alta de 1,33% e no ano, de 9,41%.


Bolsas internacionais


Nos Estados Unidos, as principais Bolsas fecharam no azul. O índice Dow Jones registrou alta de 0,91%. O S&P 500 teve ganhos de 1,03% e o Nasdaq, alta de 1,29%.


As ações europeias fecharam em alta, com o principal índice da zona do euro atingindo seu segundo maior nível de encerramento em aproximadamente quatro semanas, com esperanças de uma ação coordenada de bancos centrais ofuscando o nervosismo pelas eleições da Grécia, no domingo.


Autoridades do G20 disseram que os bancos centrais das principais economias estão prontos para adotar ações para estabilizar os mercados financeiros e prevenir um aperto do crédito caso o resultado das eleições na Grécia no domingo cause tumulto nas operações.

As bolsas de valores asiáticas também subiram, com investidores fazendo apostas modestas de que os bancos centrais vão lançar mais medidas de estímulo monetário contra a crise. Porém, o volume foi bastante baixo em meio a temores de que as eleições gregas no fim de semana possam provocar turbulência nos mercados. O índice Nikkei, do Japão, fechou estável. (com informações de Reuters e Valor)


Jornal Midiamax