Geral

Bombeiros registram dois casos de afogamento no final da tarde em Campo Grande

Diego dos Santos Silva de 17 anos morreu após de afogar no córrego Lagoa e um outro jovem ainda não identificado está desaparecido após saltar de uma árvore próxima à ponte do Grego.

Arquivo Publicado em 22/01/2012, às 23h30

None

Diego dos Santos Silva de 17 anos morreu após de afogar no córrego Lagoa e um outro jovem ainda não identificado está desaparecido após saltar de uma árvore próxima à ponte do Grego.

No final da tarde deste domingo (22), dois jovens se envolveram em incidentes em córregos da Capital. Um adolescente de 17 anos morreu e outro, ainda não identificado está desaparecido.


Diego dos Santos Silva de 17 anos morreu por volta das 18h enquanto tomava banho no córrego Lagoa, zona oeste de Campo Grande (MS).


Segundo informações, Diego e seus amigos jogavam bola no parque que beira o córrego quando resolveram se refrescar no córrego que divide os bairros Santa Emília e Buriti.


Mesmo sem saber nadar, Diego entrou apoiando-se sempre nos ombros de um de seus amigos. Acontece que por conta dos vários buracos existentes no fundo leito do córrego, eles vieram submergir. Diego não voltou à tona.


Seus amigos imediatamente mergulharam a sua procura, resgatando o menino já inconsciente, na tentativa de reanimá-lo realizando os procedimentos ditados pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) ele respondeu ao procedimento duas vezes, mas não resistiu.


O outro caso envolve um jovem ainda não identificado que saltou de uma árvore próxima à ponte do Grego, na BR-262, saída para Terenos, também em Campo Grande.


Após o salto, o jovem não voltou à superfície e continua desaparecido. Uma  equipe do Corpo de Bombeiros foi deslocada para o local.


Ainda não foi informado se o jovem foi encontrado, mas a suspeita é de que ele tenha se afogado.

Jornal Midiamax