Geral

Bombeiros levam 17 horas para resgatar pescador em Rio Verde

O Corpo de Bombeiros trabalhou por 17 horas para conseguir resgatar um homem com a perna fraturada, na zona rural de Rio Verde, município localizado na região norte de Mato Grosso do Sul. Com a perna direita fraturada, o pescador Álvaro Puiquerio Nogueira, de 57 anos, deu entrada por volta das 6 horas desta segunda-feira […]

Arquivo Publicado em 29/10/2012, às 19h18

None
699990458.jpg

O Corpo de Bombeiros trabalhou por 17 horas para conseguir resgatar um homem com a perna fraturada, na zona rural de Rio Verde, município localizado na região norte de Mato Grosso do Sul.



Com a perna direita fraturada, o pescador Álvaro Puiquerio Nogueira, de 57 anos, deu entrada por volta das 6 horas desta segunda-feira (29), no Hospital Regional Álvaro Fontoura, em Coxim.



O resgate começou no final da manhã de domingo (28), quando os bombeiros foram acionados. Como o local era de difícil acesso, a equipe de resgate só conseguiu localizar a vítima por volta das 15 horas.



Nogueira e mais quatro amigos pescavam no córrego conhecido por Falha do Padre, a 60 quilometros da zona urbana de Rio Verde. Para chegar ao local, o quinteto desceu uma serra de aproximadamente 500 metros. Durante o retorno, Nogueira tropeçou numa raiz e fraturou a perna.



Para efetuar o resgate, os soldados Hemerson Simões e Luciclei da Silva Lima, comandados pelo cabo Wellington Vieira da Fonseca, tiveram de caminhar cerca de cinco quilometros por uma trilha, até chegar no topo da serra para dar início a descida.



Os bombeiros relatam que encontraram Nogueira por volta das 23 horas. Imediatamente, a vítima foi imobilizada. Segundo o cabo, a parte mais difícil do resgate foi subir com Nogueira, que teve de ser arrastado para o topo da serra.



Para subir a serra foram cinco horas, de acordo com a equipe. As 5h50 os bombeiros deixaram Nogueira no HR para atendimento médico. Os bombeiros aparentavam muito cansaço, estavam sujos e com fome, mesmo assim foram para o 5º Subgrupamento de Coxim, para o início de mais um dia de trabalho, onde provavelmente vão salvar outras vidas.


Jornal Midiamax