Geral

Boliviana é morta a tiros após assalto em casa de câmbio na fronteira

Uma boliviana foi morta a tiros no início da noite desta quarta-feira (18), em Arroyo Concépcion, distrito boliviano localizado na faixa de fronteira entre a Bolívia e Corumbá (MS). A cambista Reina Vasquez, de 46 anos foi atingida por dois tiros no peito durante assalto no próprio escritório de câmbio. Os bandidos levaram cerca de […]

Arquivo Publicado em 19/04/2012, às 12h04

None

Uma boliviana foi morta a tiros no início da noite desta quarta-feira (18), em Arroyo Concépcion, distrito boliviano localizado na faixa de fronteira entre a Bolívia e Corumbá (MS). A cambista Reina Vasquez, de 46 anos foi atingida por dois tiros no peito durante assalto no próprio escritório de câmbio. Os bandidos levaram cerca de R$ 10 mil.


Os disparos foram feitos por dois homens que chegaram de carro à casa de câmbio dizendo que desejavam trocar dólares, no momento em que a cambista contava o dinheiro, a dupla anunciou o assalto. Assustada, a mulher levantou da cadeira e foi atingida por dois tiros na região torácica. O marido dela, Angel Alcom, de 52 anos foi baleado no joelho.


A mulher foi encaminhada para o pronto-socorro de Corumbá por familiares, Reina Vasquez não resistiu aos ferimentos e morreu. Angel foi atendido pelos médicos e liberado.


Segundo a polícia, existe a suspeita de que há participação de um brasileiro no crime. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Corumbá como preservação de direito e homicídio doloso, mas, por se tratar de outro país, a polícia brasileira não pode seguir com as investigações.

Jornal Midiamax