Geral

Black Tie e Naip levam balanço e rock ao Som da Concha deste domingo

O projeto Som da Concha, da Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul, leva neste domingo (17) ao palco da Concha Acústica do Parque das Nações Indígenas o balanço setentista da banda Black Tie e o rock-pop da Naip. Os shows começam a partir das 17h30, com entrada franca. Formada por Erika […]

Arquivo Publicado em 15/06/2012, às 15h30

None

O projeto Som da Concha, da Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul, leva neste domingo (17) ao palco da Concha Acústica do Parque das Nações Indígenas o balanço setentista da banda Black Tie e o rock-pop da Naip. Os shows começam a partir das 17h30, com entrada franca.


Formada por Erika Espíndola, Carlos Henrique Oliveira, Julio César, Leonardo Reis, Bruno Giglio, Yan Pinheiro e Geziel Lopes, a banda Black Tie tem um objetivo: colocar o público para dançar ao som do melhor do soul, do black e funk dos anos 70, além de apresentar músicas próprias.


O projeto da nova banda surgiu quando a vocalista Erika ainda cantava na banda de blues Mr. Willie. “Procuramos homenagear trabalhos de cantoras como Etta James, Aretha Franklin, Joss Stone entre outras que marcam esses estilos. É um som refinado e que, com certeza, fará as pessoas dançarem muito”.


Envolvida com música desde a infância, Erika morou no exterior por três anos. Foi nos Estados Unidos onde seu contato com o blues e o jazz foram mais intensos. Frequentadora assídua dos pubs de Seattle, fazia participações em um dos cassinos da região, onde havia um karaokê com banda ao vivo.


Já a banda Naip nasceu em 1999 com um repertório calcado em covers de bandas como Pearl Jam, Red Hot Chilli Peppers, The Doors, U2, Stone Temple Pilots e músicas de própria autoria como “Vem me ver” e uma versão para a música “Senhorita”.


Teve a oportunidade de dividir o palco com artistas reconhecidos nacionalmente como Jota Quest, Capital Inicial, Ira, Supla, Nando Reis e Raimundos até 2002, quando se separou. Dez anos depois um fã criou uma página dedicada à banda no Facebook e a repercussão foi tão grande que inspirou os amigos a se reunirem para fazerem um show, que resultou na volta em definitivo.


Atualmente a Naip é formada por Guga Borba (vocal), Hudson Bonfim (guitarra), Alexandre Lacorte (bateria), Rodrigo Faleiros (loops e programações), André Coelho (teclado) e Rafael Coelho (baixo) e tem como proposta resgatar músicas de sucesso com uma roupagem moderna, rock com pitadas eletrônicas e efeitos digitais, além de novas composições.


Som da Concha


O projeto é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul em parceria com a Fundação Manoel de Barros, TV Brasil Pantanal e 104 FM Rádio MS e prevê apresentação de shows em domingos alternados.


A Concha Acústica Helena Meirelles fica no Parque das Nações Indígenas, na rua Antonio Maria Coelho, 6000. Outras informações pelo telefone (67) 3314-2030. A entrada para os shows é franca.

Jornal Midiamax