Geral

Bandidos usam carro de acadêmico sequestrado para assaltar motel em Campo Grande

Um tenente temporário do exército, de apenas 20 anos, foi ferido no abdômem e estaria em estado grave, após ser baleado por um adolescente na madrugada desta quarta-feira (29), em Campo Grande. Momentos antes, o infrator e mais dois comparsas abordaram um acadêmico em frente à UDCB (Universidade Católica Dom Bosco) e utilizaram o seu […]

Arquivo Publicado em 29/08/2012, às 14h11

None

Um tenente temporário do exército, de apenas 20 anos, foi ferido no abdômem e estaria em estado grave, após ser baleado por um adolescente na madrugada desta quarta-feira (29), em Campo Grande.


Momentos antes, o infrator e mais dois comparsas abordaram um acadêmico em frente à UDCB (Universidade Católica Dom Bosco) e utilizaram o seu carro para cometer crimes, se dirigindo a um motel onde a vítima e sua namorada foram abordadas em um dos quartos.


A primeira vítima, um jovem de 22 anos, foi abordado na avenida Tamandaré e obrigado a entrar dentro do porta malas do seu carro, um Celta. De acordo com a Polícia Militar, Felipe Gomes da Nova, 24 anos e o adolescente J.M.V., 17 anos, entraram no carro enquanto um comparsa que os seguia de moto se dirigiram ao motel Fasciniu´s, localizado no bairro Maria Aparecida Pedrossian.


Lá eles entraram como clientes e anunciaram o assalto em um dos quartos, onde estaria o militar do exército, identificado apenas como Felipe, e a sua namorada, uma jovem de 28 anos. Ao perceber o crime, o militar tentou revidar, empurrando a porta, sendo atingido por um disparo de arma de fogo.


Eles fugiram levando apenas dois celulares, R$ 268 que estavam no caixa do motel e o notebook estaria dentro do carro do acadêmico. O Celta foi abandonado no cruzamento da avenida Euler de Azevedo com a Tamandaré, momento em que a vítima foi a polícia registrar o boletim de ocorrência.


A Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) iniciou o atendimento a ocorrência e encontrou o celular de um dos envolvidos.


”Foi através do número que rastreamos contatos e logramos êxito ao encontrar dois dos três autores. Eles estavam no centro de Campo Grande, o adolescente inclusive estava dormindo abraçado com o revólver utilizado no crime. Todos possuem passagens policiais e agora serão autuados em flagrante por roubo”, disse o sargento Éder Gomes, da Cigcoe.


Os presos foram encaminhados para a Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), que dará sequência as investigações.

Jornal Midiamax