Geral

Bancos de Corumbá permanecem fechados durante greve

As sete agências bancárias de Corumbá e dois postos avançados de atendimento em Ladário, continuam fechados, em adesão à greve nacional da categoria, deflagrada na terça-feira, 18 de setembro. Os bancários reivindicam reajuste salarial de 10,25%, com 5% de aumento real, piso salarial de R$ 2.416,38 (atualmente é R$ 1,4 mil), além de plano de […]

Arquivo Publicado em 20/09/2012, às 14h37

None

As sete agências bancárias de Corumbá e dois postos avançados de atendimento em Ladário, continuam fechados, em adesão à greve nacional da categoria, deflagrada na terça-feira, 18 de setembro.


Os bancários reivindicam reajuste salarial de 10,25%, com 5% de aumento real, piso salarial de R$ 2.416,38 (atualmente é R$ 1,4 mil), além de plano de cargos, carreira e salários, maior participação nos lucros e resultados (PLR) e mais segurança nas agências. A proposta oferecida pela Fenaban foi 6% de reajuste salarial.


A Federação dos Bancos alertou a população que muitas das operações bancárias poderão ser realizadas por meio dos caixas eletrônicos, internet banking, telefone e correspondentes bancários, tais como casas lotéricas, agências dos Correios e outros estabelecimentos credenciados. A greve é por tempo indeterminado.

Jornal Midiamax