Geral

Assembleia deve limpar a pauta e entrar em recesso nesta terça-feira

A Assembleia Legislativa se prepara para limpar a pauta na sessão desta terça-feira (18) e entrar em recesso parlamentar até fevereiro. O último encontro do ano promete discussões acaloradas na defesa para derrubar vetos do governador André Puccinelli (PMDB) e por conta da criação de taxas no transporte de cana, minério, carvão vegetal e madeira. […]

Arquivo Publicado em 17/12/2012, às 19h05

None
1211252193.jpg

A Assembleia Legislativa se prepara para limpar a pauta na sessão desta terça-feira (18) e entrar em recesso parlamentar até fevereiro. O último encontro do ano promete discussões acaloradas na defesa para derrubar vetos do governador André Puccinelli (PMDB) e por conta da criação de taxas no transporte de cana, minério, carvão vegetal e madeira.


“Devemos concluir os trabalhos amanhã (18)”, confirmou o presidente da Casa de Leis, deputado Jerson Domingos (PMDB), em entrevista ao Midiamax por telefone.


A Assembleia deixou para debater, por exemplo, vetos do governo a projetos de deputados. Da última vez que o assunto esteve em pauta, parlamentares criticaram a falta de independência da Casa por aprovar as propostas e, depois, dizer “amém” ao veto do governador André Puccinelli (PMDB).


Na ocasião, Cabo Almi (PT) disse que os “projetos de interesse da população morrem na governadoria”. Também em repúdio aos vetos a propostas importantes, Marquinhos Trad (PMDB) lamentou que ultimamente só passam pela Assembleia monções de pesar e de homenagens.


Também estará em discussão a inclusão do transporte da cana, minério, carvão vegetal e de madeira na contribuição para o Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul).


De última hora, chegou pleito de reajuste salarial de 5,5% do governador, da sua vice, Simone Tebet (PMDB) e dos secretários, além de pedido para Puccinelli se ausentar do país em janeiro. Ele deverá viajar para a Itália de férias. 

Jornal Midiamax