Geral

Apple quer impedir a venda de boneco de Steve Jobs

A In Icons é a empresa chinesa responsável pela fabricação de um boneco super-realista do cofundador da Apple, Steve Jobs. A fabricante apresentou o boneco nos primeiros dias do ano de 2012 e anunciou seu lançamento para fevereiro de 2012 por US$ 99 (cerca de R$ 183). No entanto, a Apple não está nada feliz […]

Arquivo Publicado em 06/01/2012, às 14h28

None

A In Icons é a empresa chinesa responsável pela fabricação de um boneco super-realista do cofundador da Apple, Steve Jobs. A fabricante apresentou o boneco nos primeiros dias do ano de 2012 e anunciou seu lançamento para fevereiro de 2012 por US$ 99 (cerca de R$ 183). No entanto, a Apple não está nada feliz com a novidade e vai tentar de tudo para impedir que o bonequinho chegue às lojas.


Segundo o “The Telegraph”, a empresa americana irá mover uma ação para impedir a venda dos bonecos e enviou uma carta à fabricante informando que qualquer menção do brinquedo ao logotipo da empresa ou ao nome e a aparência do fundador configura uma ofensa criminal.


O boneco do Steve Jobs mede 30 centímetros, vem com dois pares de tênis, dois pares de óculos, uma cadeira e duas maçãs (uma delas mordida). Também estão inclusos no pacote um cenário de papelão com a frase “One more thing” (só mais uma coisa), que Jobs usava em suas apresentações e também três pares de mãos, para poder simular poses famosas do empresário.


A Apple já conseguiu na Justiça que produtos parecidos fossem tirados do mercado outras vezes.

Jornal Midiamax