Geral

Apple negocia com Hollywood conteúdo para ser exibido em sua futura TV

A Apple deu início a negociações a fim de realizar exibições do tipo streaming de filmes de propriedade da EPIX, empresa controlada por três importantes estúdios de cinema. De acordo com fontes, os filmes seriam exibidos em dispositivos que incluem o tão aguardado aparelho de TV de marca Apple. A empresa deu início a negociações […]

Arquivo Publicado em 27/04/2012, às 23h02

None

A Apple deu início a negociações a fim de realizar exibições do tipo streaming de filmes de propriedade da EPIX, empresa controlada por três importantes estúdios de cinema. De acordo com fontes, os filmes seriam exibidos em dispositivos que incluem o tão aguardado aparelho de TV de marca Apple.


A empresa deu início a negociações com a EPIX, companhia que existe há três anos e que foi criada conjuntamente pelos estúdios Lions Gate, MGM e Paramound Pictures.


A Apple já vende a Apple TV –uma set-top box, dispositivo que funciona como se fosse um decodificador de sinal– pelo valor de US$ 99. Ligada a um televisor, a Apple TV permite que usuários façam streaming de conteúdo da Netflix e do canal da MLB (liga de beisebol norte-americana).


Uma das fontes disse à Reuters que todas as negociações dizem respeito tanto à atual Apple TV quanto a dispositivos que ainda estão por vir.


Acredita-se que a Apple deva lançar um novo produto de TV entre este ano e o começo de 2013, o que deve alimentar sua próxima fase de crescimento e causar mudanças significativas no mercado.


A Apple foi incapaz de assegurar os direitos de transmissão do conteúdo de Hollywood ao longo de boa parte do ano passado. As negociações com a EPIX estão em estágios preliminares, e nenhum acordo é previsto a curto prazo, disse a fonte.


A empresa pode ver as negociações dificultadas por um acordo de 2010 que envolve a EPIX e a Netflix, empresa que paga US$ 200 milhões por ano para ter o direito de transmissão exclusiva dos filmes da EPIX.


O contrato de exclusividade que tem a Netflix sobre o conteúdo da EPIX dura até setembro –antes da suposta divulgação do novo produto televisivo da Apple.

Jornal Midiamax