Geral

Após toque de recolher, comércio reabre no Alemão

Depois do toque de recolher supostamente imposto por traficantes no Complexo do Alemão, as lojas reabriram neste domingo (9). A polícia militar reforçou o efetivo no conjunto de favelas com o apoio de agentes de outras 20 Unidades de Polícia Pacificadora (UPP). A suspeita é de que a ordem de fechamento teria partido de traficantes […]

Arquivo Publicado em 09/12/2012, às 15h33

None

Depois do toque de recolher supostamente imposto por traficantes no Complexo do Alemão, as lojas reabriram neste domingo (9). A polícia militar reforçou o efetivo no conjunto de favelas com o apoio de agentes de outras 20 Unidades de Polícia Pacificadora (UPP).


A suspeita é de que a ordem de fechamento teria partido de traficantes da região em represália à morte de dois criminosos na sexta-feira à noite, em uma troca de tiros com PMs. No entanto, segundo a Secretaria de Segurança, setor de inteligência das UPP ainda está apurando de onde saíram as ameaças.


Na noite de sexta-feira, o sargento Antônio Barbosa da Silva, lotado da UPP Fé/Sereno, no Complexo da Penha, foi morto com um tiro na cabeça na região de Higienópolis, vizinha ao Alemão. Barbosa estava de folga e passeava com a namorada quando foi vítima de um assalto.


A polícia ainda investiga o que motivou o crime, que foi a segunda morte de um policial de UPP nesta semana. Na madrugada de quarta-feira, o cabo Fábio Barbosa da Silva, da UPP Nova Brasília, foi morto durante um confronto enquanto fazia o patrulhamento de rotina na área da Fazendinha.

Jornal Midiamax