Geral

Após corintiano levar vaia em jogo de Federer, Vampeta diz que tênis é esporte de ‘bambi’

Na última quinta-feira, um torcedor corintiano chamou a atenção durante a partida de exibição entre os tenistas Roger Federer e Thomaz Bellucci, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. O fã soltou um tradicional “Vai, Corinthians” enquanto o suíço se preparava para sacar, e acabou levando vaia do restante do público, já que os torcedores […]

Arquivo Publicado em 07/12/2012, às 18h09

None

Na última quinta-feira, um torcedor corintiano chamou a atenção durante a partida de exibição entre os tenistas Roger Federer e Thomaz Bellucci, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. O fã soltou um tradicional “Vai, Corinthians” enquanto o suíço se preparava para sacar, e acabou levando vaia do restante do público, já que os torcedores costumam respeitar o silêncio durante os jogos de tênis.



Em participação no “Jogo Aberto”, da TV Bandeirantes, nesta sexta, o ex-jogador Vampeta saiu em defesa do gritão e ainda provocou os amantes das raquetes.



“Tênis é esporte de bambi. Será que não foi o dr. Marco Aurélio que começou a vaia, não?”, disse Vampeta, lembrando sua velha rivalidade com o ex-superintendente de futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, com quem trocou provocações bem-humoradas durante toda a carreira.



A provocação de Vampeta ganhou apoio do dr. Osmar de Oliveira, comentarista do “Jogo Aberto” e corintiano fanático: “Federer, você joga muito, mas… Vai, Corinthians!”, bradou, para em seguida ser surpreendido pelo jornalista Mauro Beting: “Descobrimos quem foi o autor do grito no Ibirapuera. Foi você, doutor!”.


Jornal Midiamax