Geral

Amambai recebe informações sobre cursos de educação a distância do Senai

Caravana de divulgação vai percorrer, ao todo, 27 cidades para informar sobre portfólio de 20 cursos nas áreas de iniciação, aperfeiçoamento, qualificação e habilitação profissional

Arquivo Publicado em 10/10/2012, às 12h58

None
1211589109.jpg

Caravana de divulgação vai percorrer, ao todo, 27 cidades para informar sobre portfólio de 20 cursos nas áreas de iniciação, aperfeiçoamento, qualificação e habilitação profissional

A equipe do Senai, que percorrerá 27 cidades do Estado para divulgar portfólio de 20 cursos de EaD (Educação a Distância) nas áreas de iniciação profissional, aperfeiçoamento profissional, qualificação profissional e habilitação profissional, finalizou a primeira semana visitando a cidade de Amambai na tarde de ontem (9). Na cidade, a reunião, realizada na Secretaria Municipal de Educação de Amambai, foi com os diretores das escolas municipais e dos centros de educação infantil, que conheceram os cursos voltados aos industriários, jovens que desejam inserção no mercado de trabalho, pessoas em busca de profissionalização, profissionais que necessitam de atualização e empreendedores em geral.


Segundo a técnica de educação do Senai, Raquel Pereira, as inscrições para os cursos técnicos podem ser feitas pelo site www.ead.ms.senai.br até o dia 7 de novembro, enquanto para os outros cursos as inscrições podem ser feitas em qualquer tempo. Ainda na reunião, ela também informou que na segunda-feira a caravana de divulgação esteve na segunda-feira (8) em Ponta Porã e ontem (9), no período da manhã, na cidade de Aral Moreira, totalizando, até novembro deste ano, 27 cidades contempladas com as visitas para oferecer ainda mais oportunidades de aprendizado em áreas de interesse da indústria.


Bibliotecas


Raquel Pereira explicou ainda que, na prática, os alunos dos cursos de EaD do Senai que não tiverem computador em casa para realização dos cursos poderão utilizar a infraestrutura das 30 bibliotecas da Indústria do Conhecimento Sesi localizadas nas cidades de Campo Grande, Rio Brilhante, Dourados, Naviraí, Iguatemi, Sete Quedas, Nova Andradina, Ribas do Rio Pardo, Água Clara, Aparecida do Taboado, Paranaíba, Inocência, Três Lagoas, Bataguassu, Rio Verde, Costa Rica, Chapadão do Sul, São Gabriel do Oeste, Terenos, Aquidauana, Corumbá, Sidrolândia, Maracaju, Ponta Porã, Aral Moreira e Amambai.


Ele reforça que o objetivo é atender a demandas das indústrias por qualificação profissional, ampliando as possibilidades de preparar profissionais mais capacitados, superando barreiras geográficas e limitação de horário. “Os cursos oferecem vantagens como a certificação, flexibilidade para o aluno quanto ao horário e local de estudo, além da possibilidade de interação com profissionais de outras áreas e localidades, acompanhamento do processo ensino-aprendizagem e atendimento personalizado para esclarecimento de dúvidas”, destacou.


Escolas


Já a secretária municipal de Educação de Amambai, Eremi da Silva Lopes, declarou que há uma deficiência de mão de obra qualificada no município. “É necessário incentivar os jovens a buscar esse direcionamento para que eles encontrem um caminho de sucesso, e com a profissionalização fica mais fácil garantir um emprego”, disse. A diretora da Escola Municipal Julio Manvailer, Rosângela Pereira dos Santos, afirmou que os alunos têm buscado mais oportunidade. “Com essa facilidade, o aluno não se limita com a questão do espaço, principalmente, porque muitos não possuem computador em casa, mas agora podem contar com a Biblioteca do Sesi”, declarou.


A diretora do Centro de Educação Infantil Nosso Mundo, Simone Oliveira Schier, acredita que o curso a distância é o melhor caminho para aqueles que têm limitação de horário. “Na correria do dia a dia é válido tirar um tempo para se atualizar”, avaliou. Para Vânia Antonini Bassi, diretora da Escola Municipal Antônio Pinto da Silva, o maior problema que os alunos enfrentam é a falta de tecnologia. “Eles precisam de incentivo para buscar e acreditar mais, já que alguns dos alunos moram em fazendas e não tem acesso em casa”, concluiu.


Cursos


Na área de iniciação profissional, são oferecidos 6 cursos (educação ambiental, empreendedorismo, legislação trabalhista, segurança do trabalho, propriedade intelectual e tecnologia da informação e comunicação), enquanto na área de aperfeiçoamento profissional foram disponibilizados 3 cursos (segurança em instalações e serviços em eletricidade, segurança no sistema elétrico de potência e segurança na operação de caldeiras).


Já na área de qualificação profissional os alunos podem optar por 7 cursos (operador de tratamento de água, eletricista de automóveis, manutenção em freios, suspensão e direção automotiva, mecânica de manutenção de motores ciclo otto, mecânica de manutenção em motocicletas, instalador e reparador de redes de computadores e montador e reparador de microcomputadores) e, na área de qualificação profissional, o Senai oferece 4 cursos (técnicos em rede de computadores, técnico em logística, técnico em automação industrial e técnico em segurança do trabalho).


Serviço – Os interessados podem obter mais informações ou fazer as inscrições pelo site www.ead.ms.senai.br

Jornal Midiamax