Geral

Amambai e Itaporã terá cinema de graça no final de semana

Projeto percorre 26 municípios do interior de Mato Grosso do Sul levando longas e curtas-metragens em exibições abertas para a população

Arquivo Publicado em 31/08/2012, às 13h25

None

Projeto percorre 26 municípios do interior de Mato Grosso do Sul levando longas e curtas-metragens em exibições abertas para a população

As cidades de Mundo Novo e Eldorado recebem a partir de hoje (31) até domingo (02), uma super edição do Cine Sesi Cultural. O projeto completa 10 anos em 2012 e, por ser especial, a edição vem comemorativa: serão contemplados 26 municípios do Interior, divididos em dois roteiros simultâneos, com 13 cidades cada. Na programação, três curtas e três longas-metragens, por noite, com exibição começando sempre às 18h30. O Cine Sesi Cultural é realizado pelo SESI com apoio do Instituto Origami, e idealizado pela diretora de criação da Aliança Comunicação e Cultura, Lina Rosa Vieira.


Mato Grosso do Sul integra pela terceira vez consecutiva a lista de cidades que participam do projeto. Na cidade de Amambai, as exibições vão acontecer Praça Valencio de Brum, e em Itaporã, na Praça São José, a partir das 18h30, nos dois locais.


Na última edição sul-mato-grossense, o Cine Sesi circulou por 30 municípios, reunindo mais de 96 mil pessoas. Nesse sentido, o formato do projeto ajuda, já que os filmes são exibidos ao ar livre em área cedida ao Sesi, em acordo com a prefeitura local. “O Cine Sesi é diversão levada a sério. Porque é formação de público; socialização de um bem cultural que é a sétima arte. E portanto, uma espécie de “cinema de guerrilha”. Em seu décimo ano, o projeto continua levando cinema a lugares que não possuem salas de projeção em funcionamento”, reforça Lina Rosa Vieira.


PROGRAMAÇÃO


Essa “super” edição do Cine Sesi Cultural percorrerá todas as regiões do Mato Grosso do Sul. Na programação, cada dia será exibido um curta seguido por um longa-metragem. Abrindo a noite, na sexta-feira, o público confere um dos curtas mineiros mais premiados, “Os filmes que eu não fiz” e o longa-metragem, O Palhaço (SP), com direção de Selton Mello, que assume também o papel principal; no sábado, o curta de animação em 3D, Até o Sol Raiar (PE) e o longa, “Eu e o meu guarda-chuva” (SP), dirigido por Tony Vanzolini, e com roteiro de Adriana Falcão, numa coprodução da Conspiração Filmes e a 20th Century Fox, baseado no livro homônimo do Titã Branco Mello e Hugo Possolo; e no domingo, o curta Vida Maria (CE) e o longa Enrolados (EUA). As exibições começam sempre às 18h30.


Nesta edição a terá como tema: “Um Encontro Animado”, que contará com exibição de filmes e uma conversa sobre a mágica do cinema de animação. Durante a oficina, os alunos tomarão conhecimento sobre a história da animação, com vivências práticas da linguagem. Além de vivenciarem a experiência de criação, planejamento e produção de filmes de um minuto cada. Análise dos resultados. Entre os vários curtas produzidos dentro das oficinas do Cine Sesi, alguns já entraram na lista de finalistas da categoria Futuro Animador do Festival Anima Mundi. Podem participar estudantes a partir de 16 anos, professores e pessoas ligadas à arte-educação e cultura.

Jornal Midiamax