Geral

Adolescente que cuidava de irmãos passa mal e conselho tutelar é acionado

Uma casa com uma adolescente de 14 anos cuidando de oito crianças, entre seus próprios irmãos e o restante seus sobrinhos. Esta foi a cena encontrada na tarde desta segunda-feira, na Rua Guiné, no bairro Moreninha III, por militares do Corpo de Bombeiros que foram acionados para atender uma ocorrência. O Conselho Tutelar e a […]

Arquivo Publicado em 16/04/2012, às 19h19

None

Uma casa com uma adolescente de 14 anos cuidando de oito crianças, entre seus próprios irmãos e o restante seus sobrinhos. Esta foi a cena encontrada na tarde desta segunda-feira, na Rua Guiné, no bairro Moreninha III, por militares do Corpo de Bombeiros que foram acionados para atender uma ocorrência. O Conselho Tutelar e a Polícia Militar foram acionados.

A adolescente foi levada com dor estomacal para uma unidade de saúde no bairro. Os vizinhos perceberam a movimentação de polícia na casa do serralheiro Carlos Arma, que estava trabalhando, e ligaram para ele.

Ao chegar a casa, o serralheiro explicou para a polícia que estava trabalhando e sua esposa, que é diabética e faz hemodiálise está internada na Santa Casa de Campo Grande. A única pessoa que poderia cuidar das crianças era a adolescente. “A mãe de cinco está por aí, parece que desistiu de tudo na vida. A outra mora com a gente, mas trabalha. Agora ela vai ter que deixar o emprego pra cuidar de todo mundo que é pequeno porque eu não posso deixar meu emprego”, explica.

Com os olhos vermelhos da exposição ao sol no ambiente de trabalho e também por conta do problema que enfrentou, Carlos Armada parece lamentar a situação familiar que vive. “É difícil, mas aqui ninguém sofre maus tratos não. Eles vão para a escola e são bem cuidados. O que aconteceu hoje não é uma situação corriqueira. Infelizmente minha mulher foi fazer a hemodiálise e teve que ficar internada”.

Jornal Midiamax