Geral

Acusado de matar mulher e jogar corpo em poço está livre

O jovem de 19 anos acusado de matar uma mulher de 54 anos no município de Itaporã, e depois jogar o corpo em um poço, foi solto nesta sexta-feira, uma semana após ter sido preso pelo crime. Um oficial de justiça se apresentou com um alvará de soltura, solicitando liberdade do homicida. De acordo com […]

Arquivo Publicado em 30/11/2012, às 19h57

None
1501050864.jpg

O jovem de 19 anos acusado de matar uma mulher de 54 anos no município de Itaporã, e depois jogar o corpo em um poço, foi solto nesta sexta-feira, uma semana após ter sido preso pelo crime. Um oficial de justiça se apresentou com um alvará de soltura, solicitando liberdade do homicida.



De acordo com o site Dourados Agora o delegado Winston Ramão Garcia, responsável pelo caso, disse que não teve acesso ao documento, pois está viajando, e por isso não pôde afirmar quais os motivos que levaram a Justiça a tomar esta decisão. Contudo, como era uma ordem, ele foi obrigado a acatar.



O CASO



A vítima, Ana Morais Marcelino, residente no distrito de Carumbé, havia desaparecido na domingo (17), quando saiu de casa avisando os filhos que iria visitar outros familiares em Dourados. Seis dias depois, na sexta-feira (23), seu corpo foi encontrado dentro de um poço próximo da casa onde vivia.



Algumas horas depois, o acusado foi preso. Ele disse que na noite desaparecimento ingeriu bebidas alcoólicas junto com Ana, na casa dela, e que em certo momento teve inicio uma discussão. A mulher teria ofendido a mãe do rapaz, e ele a agrediu com uma gravata, asfixiando-a, e em seguida jogando-a em poço.


Jornal Midiamax