Geral

A portas fechadas, comandante da PM conversa com militares sobre negociação salarial

A portas fechadas, comandante da PM conversa com militares sobre negociação salarial

Arquivo Publicado em 27/04/2012, às 19h48

None

A portas fechadas, comandante da PM conversa com militares sobre negociação salarial

A portas fechadas, o comandante-geral da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, está reunido com policiais militares para tentar fechar a negociação salarial que se enrola há duas semanas.


A sessão se deu após formatura de sargentos policiais militares, na tarde desta sexta-feira (27). A tropa aproveitou a presença do comandante-geral da PM para tentar forçar a negociação.


Segundo o presidente da ACS (Associação de Cabos, Soldados, Bombeiros Militares de Mato grosso do Sul) Edmar Soares da Silva, o comandante esteve reunido com o governador André Puccinelli (PMDB) por volta do meio dia de hoje. “Ele melhorou um pouco a proposta e fechou o salário em R$ 2,2 mil para o soldado. E manteve o aumento de 6% para cabos e patentes acima. A partir de agora estão abertas as negociações da política salarial até 2015.


Do lado de fora foi possível escutar gritos. Segundo um PM, que não quis se identificar, as manifestações se deram por conta do descaso do governador com a tropa. “Mas, a gente vai ter que acatar, fazer o que”, disparou.


A imprensa foi impedida de entrar no evento e foi obrigada a repassar para um policial militar o nome e o veículo em que trabalha.

Jornal Midiamax