Geral

Universitários de MS são recebidos pelo ministro Celso de Mello no Supremo

Um grupo de aproximadamente 50 estudantes de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) foi recebido na tarde desta quarta-feira (28) no Salão Nobre do Supremo Tribunal Federal (STF) pelo decano da Corte, ministro Celso de Mello. A visita faz parte de um projeto de incentivo ao conhecimento das instituições públicas com […]

Arquivo Publicado em 28/09/2011, às 22h39

None

Um grupo de aproximadamente 50 estudantes de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) foi recebido na tarde desta quarta-feira (28) no Salão Nobre do Supremo Tribunal Federal (STF) pelo decano da Corte, ministro Celso de Mello. A visita faz parte de um projeto de incentivo ao conhecimento das instituições públicas com sede na capital federal, organizado pela universidade.


Em rápida palestra, os universitários ouviram ensinamentos do ministro Celso de Mello que compartilhou algumas experiências vividas na Corte. Ele contou algumas situações que evidenciam que “nada escapa ao controle de constitucionalidade, algo vital para o ordenamento jurídico”, disse o ministro, ressaltando que o âmbito de incidência do controle de constitucionalidade por parte do Supremo é muito amplo.


Segundo ele, a Constituição Federal deve ser interpretada não apenas com base na literalidade do seu texto, mas também pelos princípios (Neoconstitucionalismo), os quais desempenham papel de grande relevo. Celso de Mello avaliou que as palavras têm grande carga semiológica e não se interpreta apenas o que está escrito”. “O STF tem dado passos importantes a este respeito”, comentou o ministro.


O coordenador do projeto de extensão da UFMS, professor Aurélio Briltes, disse que a ideia da instituição é promover a visita dos estudantes a Brasília uma vez ao ano. “O objetivo é despertar o interesse pelas carreiras”, ressaltou.


Na capital federal, o grupo também conhecerá as instalações e o funcionamento de algumas instituições como a Procuradoria Geral da República (PGR), o Congresso Nacional, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Tribunal Superior do Trabalho (TST).


Nesta quinta-feira, o ministro Celso de Mello recebe também alunos da Universidade Luterana do Brasil.

Jornal Midiamax