Geral

Toy Story 3 ganha Oscar de melhor longa de animação

O sensível “Toy Story 3” ganhou o Oscar de melhor longa de animação, como já previa a critica. Ao receber a estatueta, o diretor Lee Unkrich agradeceu a Pixar, mas fez uma homenagem especial a avó. “Pra minha vó que sempre insistiu que me veria aqui um dia. Obrigado ao público em todo mundo que […]

Arquivo Publicado em 28/02/2011, às 01h30

None

O sensível “Toy Story 3” ganhou o Oscar de melhor longa de animação, como já previa a critica. Ao receber a estatueta, o diretor Lee Unkrich agradeceu a Pixar, mas fez uma homenagem especial a avó. “Pra minha vó que sempre insistiu que me veria aqui um dia. Obrigado ao público em todo mundo que veio ver o filme sobre esses brinquedos, que têm algo muito humano a dizer”, comemorou. Sobre a Pixar, Unkrich destacou que é “o lugar mais fascinante para fazer filmes”.


O longa também concorre na categoria de melhor filme, entre dez selecionados, roteiro adaptado e edição de som.


O filme trata de forma delicada a passagem da infância para a adolescência e fecha uma trilogia que deu início a uma nova forma de se fazer filmes de desenhos e que, por mais estranho que pareça, não conta com uma estatueta de animação em seu histórico.


Quando “Toy story” e “Toy story 2” estrearam, respectivamente em 1995 e 1999, essa categoria ainda não havia sido criada.


Fora isso, “Toy story 3” parece fora da concorrência pelo título de melhor filme, embora não lhe faltem admiradores que peçam na internet a máxima honraria ao filme, que também recebeu outras quatro indicações.


Melhor curta de animação


O prêmio de melhor curta-metragem de animação ficou com “The Lost Thing”. “A co-produção australiana e inglesa fala de um rapaz que encontra uma estranha criatura em uma praia e decide procurar um lar para o novo amigo.


Também concorriam na categoria Dia & Noite, de Teddy Newton; The Gruffalo, de Max Lang e Jakob Schuh; Let’s Pollute, de Geefwee Boedoe; e Madagascar, a Journey Diary, de Bastien Dubois.

Jornal Midiamax