Geral

Termina nesta segunda prazo para recuperar perdas do Plano Collor

O ajuizamento de ações individuais se tornou a única possibilidade diante da decisão do STJ que reduziu de 20 para 5 anos o prazo prescricional para as ações civis públicas que haviam sido ajuizadas para a defesa destes interesses, buscando racionalizar e unifomizar a prestação da tutela jurisdicional. As ações visam recuperar a diferença entre […]

Arquivo Publicado em 29/01/2011, às 19h43

None

O ajuizamento de ações individuais se tornou a única possibilidade diante da decisão do STJ que reduziu de 20 para 5 anos o prazo prescricional para as ações civis públicas que haviam sido ajuizadas para a defesa destes interesses, buscando racionalizar e unifomizar a prestação da tutela jurisdicional.

As ações visam recuperar a diferença entre o valor aplicado de correção pelos bancos na época (7,76%) e o que os especialistas avaliam que deveria ter incidido (21,87%), de 14,11 pontos percentuais.

Documentos necessários para ajuizar: carteira de identidade, comprovante de residência, comprovante de renda, extrato da Poupança de janeiro e fevereiro de 1991 ou solicitação destes extratos junto ao Banco.

Jornal Midiamax