Setas retifica contrato de R$ 36 mil com consultora que é diretora de clínica particular

A Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social de Mato Grosso do Sul retificou um contrato de R$ 36 mil com a psicóloga Zilda Maria Borges, contratada em agosto deste ano para “serviços de consultoria aos técnicos da Coordenadoria de Proteção Social Especial/SETAS”. Originalmente, o contrato (15/2011-Setas) tinha prazo de vigência de 12 meses. […]
| 05/12/2011
- 17:59
Setas retifica contrato de R$ 36 mil com consultora que é diretora de clínica particular

A Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social de Mato Grosso do Sul retificou um contrato de R$ 36 mil com a psicóloga Zilda Maria Borges, contratada em agosto deste ano para “serviços de consultoria aos técnicos da Coordenadoria de Proteção Social Especial/SETAS”.

Originalmente, o contrato (15/2011-Setas) tinha prazo de vigência de 12 meses. Agora, com a retificação na cláusula oitava, a vigência passou para 29 de fevereiro do próximo ano, podendo ser “prorrogado por conveniência das partes, observado o prazo de vigência do convênio”.

Segundo o objeto da contratação, a consultora atua na execução do Projeto “De Volta pra Casa – Fortalecendo a convivência familiar e comunitária na reintegração de crianças e adolescentes”. Zilda é diretora de uma clínica particular de psicologia em Campo Grande, segundo o website da “Clínica Ayrakie”.

A secretária estadual, Tania Mara Garib, assina como ordenadora de despesas. No extrato publicado nesta segunda-feira (5) não foi informado se o valor, que se referia inicialmente a 12 meses, foi modificado.

Segundo a psicóloga, houve um detalhe de cronograma, porque havia atraso no programa, e isso teria ocasionado a necessidade da retificação. Por telefone, Zilda garantiu que o primeiro produto já foi entregue e o trabalho prossegue de acordo com a contratação.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias