Geral

Sem viatura, Corpo de Bombeiros de Fátima do Sul usam ambulância improvisada

O carro improvisado para o socorro em atendimento nesta sexta-feira era uma ambulância cedida pela Prefeitura de Fátima do Sul.

Arquivo Publicado em 24/12/2011, às 13h44

None
2038495502.jpg

O carro improvisado para o socorro em atendimento nesta sexta-feira era uma ambulância cedida pela Prefeitura de Fátima do Sul.

Na manhã desta sexta-feira (23) um cinegrafista fotografou um atendimento realizado pelo Corpo de Bombeiro, na MS 147, próximo ao distrito de Culturama, que socorria dois motociclistas que sofreram uma queda. O detalhe é que o carro utilizado para o socorro era uma ambulância improvisada cedida pela Prefeitura de Fátima do Sul.


Segundo o cinegrafista Ribero Junior, a única viatura que o Corpo de Bombeiros dispõe está quebrada e deverá seguir para Campo Grande para conserto. “Até o momento não foi recebida outra viatura que possa substituí-la e não há prazo específico para que a mesma fique pronta”.


A Prefeitura Municipal de Fátima do Sul disponibilizou uma ambulância para que o Corpo de Bombeiro possa atender as ocorrências, mas o atendimento retém cuidados, pois se trata de uma ambulância de transporte de passageiros, a maca do Corpo de Bombeiros não cabe dentro do veículo, dificultando assim os transportes das vítimas, ressaltou Ribero.


A população do município reclama há muitos anos sobre as condições da viatura do Corpo de Bombeiros. “O corpo de Bombeiros de Fátima do Sul, atende os municípios de Vicentinas e seus distritos: Jateí, Glória de Dourados e o distrito de Culturama”, disse ele. “Sem a viatura específica o atendimento fica deficitário e compromete o atendimento de urgências e emergências.


Segundo o relato dos moradores, o problema é antigo e já passou do tempo de Fátima do Sul receber uma nova viatura. “Vimos em algumas reportagens na TV onde as ambulâncias estão paradas, ambulâncias semi-novas, e outras até novas, que nunca foram usadas, e nossa cidade, necessita urgentemente de uma ambulância para o Corpo de Bombeiros”.


Segundo foi apurado pelo cinegrafista o Comando do Corpo de Bombeiros já solicitou o pedido de uma viatura nova ou uma substituta, mas que até o momento nada foi feito. E que pela informação dada pelo Comando Geral do Estado pode ser que demore ainda alguns meses.

Jornal Midiamax