Geral

Recuperação de ruas segue cronograma de prioridades, diz secretário

A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos (Seinfra) quer concluir a recuperação das ruas atingidas pela chuva dentro de três meses. A expectativa é do titular da pasta, Ricardo Campos Ametlla. Para que a cidade entre no seu ritmo normal nos próximos noventa dias é preciso que a situação climática colabore e a […]

Arquivo Publicado em 18/03/2011, às 13h45

None

A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos (Seinfra) quer concluir a recuperação das ruas atingidas pela chuva dentro de três meses. A expectativa é do titular da pasta, Ricardo Campos Ametlla. Para que a cidade entre no seu ritmo normal nos próximos noventa dias é preciso que a situação climática colabore e a chuva dê uma longa trégua.

“É difícil precisar o prazo em função do tempo. Mas, se tivermos condições climáticas, nos próximos noventa dias, teremos a cidade no seu ritmo normal de manutenção”, afirmou Ametlla a este Diário. Os trabalhos já começaram. O primeiro alvo é a recuperação da rua Edu Rocha.

O secretário explicou que o planelamento da Seinfra segue cronograma que prima pelas vias pavimentadas de ligação bairro-Centro e linhas de ônibus, nos casos de ruas sem pavimentação.

“O planejamento consiste em atender a área central com as principais artérias de ligação entre o Centro e os bairros de Corumbá. Temos nesse quadro ruas como 21 de Setembro; Cyríaco de Toledo e Edu Rocha”, exemplificou Ametlla.

Ainda segundo o secretário de Infraestrutura, na vias em pavimentação a “prioridade” é para as ruas que são linha de ônibus. Entretanto, antecipou que “nada impede que a ação aconteça em vias secundárias”.

Ricardo Ametlla informou que os buracos na rua Cyríaco de Toledo tiveram não apenas as chuvas como causa, mas também o serviço de recuperação da Sanesul após a conclusão das obras de esgotamento sanitário e implantação da rede de água. “Estamos notificando a Sanesul para que refaça o serviço, mas não vamos esperar, a Prefeitura vai fazer”, disse antecipando a ação do Município para recuperar o asfalto daquela via.

A rua Gonçalves Dias, segundo o secretário, teve parte danificada também pela Sanesul. Mas, os maiores estragos foram causados pelas chuvas. A via integra o cronograma da Prefeitura, assim como a rua Pedro de Medeiros.

Jornal Midiamax