Geral

Raios mataram 89 pessoas no país em 2010

No ano passado, 89 pessoas morreram após serem atingidas por raios no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O número é menor que a média registrada entre 2000 e 2009, de 132 vítimas por ano. O levantamento, divulgado hoje (20) pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica do Inpe, mostra que o […]

Arquivo Publicado em 20/06/2011, às 23h11

None

No ano passado, 89 pessoas morreram após serem atingidas por raios no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O número é menor que a média registrada entre 2000 e 2009, de 132 vítimas por ano.


O levantamento, divulgado hoje (20) pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica do Inpe, mostra que o maior número de mortes por raios aconteceu em São Paulo, com 12 casos em 2010. O Pará registrou oito mortes, seguido de Minas Gerais e do Tocantins, com sete casos cada.


De acordo com o Inpe, em 2010, a maioria das mortes ocorreu durante a primavera, entre setembro e dezembro, apesar de a incidência de raios ser maior no verão, entre dezembro e março.


Considerando os dados da última década, o levantamento indica que 61% das mortes ocorreram em áreas rurais. No Sudeste, a maioria das mortes está ligada a atividades agropecuárias. No Centro-Oeste, 20% das vítimas estavam ao telefone ou com o celular conectado ao carregador, quando foi atingida pelo raio, fator quase nulo em outras regiões.


Na Região Norte, as mortes em campos de futebol ocorreram com maior frequência que em outras regiões. Junto com o Nordeste, a região também registra índices altos de mortes por raios dentro de casa, por causa da quantidade de casas com piso de chão batido, o que as torna menos seguras em caso de descargas elétricas.


Em 2011, segundo o Inpe, já foram registrados 28 casos de mortes causadas por raios em todo o país.

Jornal Midiamax