Geral

R. Carlos conversa com Tite e admite: ‘Tenho que melhorar muito’

O gol olímpico contra a Portuguesa, logo no primeiro jogo de 2011, encheu Roberto Carlos de esperança. Mas o sonhou acabou se transformando em preocupação com a sequência da temporada. Depois de exibições ruins e falhas pouco comuns, o lateral-esquerdo reconhece que precisa evoluir e torce para que a má fase acabe contra o Tolima, […]

Arquivo Publicado em 01/02/2011, às 13h47

None

O gol olímpico contra a Portuguesa, logo no primeiro jogo de 2011, encheu Roberto Carlos de esperança. Mas o sonhou acabou se transformando em preocupação com a sequência da temporada. Depois de exibições ruins e falhas pouco comuns, o lateral-esquerdo reconhece que precisa evoluir e torce para que a má fase acabe contra o Tolima, nesta quarta-feira,às 22h (de Brasília) em Ibagué, jogo que vale a vida alvinegra na Libertadores.


Na chegada da delegação à Colômbia, Roberto Carlos e o técnico Tite tiveram uma conversa para aparar arestas. O lateral expôs o problema físico que ainda sofre, uma pequena lesão na coxa direita, e admitiu que pode ser mais decisivo para a equipe.


– Tive uma conversa boa com o Tite. Foi sobre a parte física. Expliquei o problema que vinha tendo. Senti no jogo e por isso saí no intervalo. Tenho que melhorar muito – afirmou o pentacampeão.


Sempre bastante apoiado pelo torcedor corintiano, Roberto Carlos entende que a retribuição será com uma grande exibição e, claro, a classificação para a fase de grupos da Libertadores. O Timão avança com uma vitória por qualquer placar ou um empate com gols. Uma nova igualdade por 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.


= Falta dar um retorno de agradecimento aos torcedores pelo incentivo. Seria muito ruim voltar para o Brasil com críticas – disse.


O jogador lembrou que o momento delicado vivido pela equipe na Libertadores é fruto dos maus resultados na reta final do Brasileirão do ano passado. Na última rodada, o Timão empatou com o já rebaixado Goiás, no Serra Dourada, perdeu a chance de ser campeão e ainda caiu para terceiro na tabela.


– A culpa foi nossa pelos empates com Vitória e Goiás. Nossa estreia poderia ser daqui 15 dias – completou.

Jornal Midiamax