Geral

PSDB arrecada “dízimo” voluntário para aumentar recursos para 2012

Pensando nas eleições para prefeito o ninho tucano de Campo Grande está tentando encher seu caixa com dízimo voluntário, promoção, churrasco e até venda de adesivos. O dízimo voluntário seria de R$ 60 reais anual por filiado. As informações são do presidente do diretório municipal, Carlos Alberto Assis. Segundo Assis, a proposta desse dizimo voluntário […]

Arquivo Publicado em 03/05/2011, às 11h30

None

Pensando nas eleições para prefeito o ninho tucano de Campo Grande está tentando encher seu caixa com dízimo voluntário, promoção, churrasco e até venda de adesivos. O dízimo voluntário seria de R$ 60 reais anual por filiado. As informações são do presidente do diretório municipal, Carlos Alberto Assis.


Segundo Assis, a proposta desse dizimo voluntário é para não ficar refém dos recursos do diretório estadual.” Nos temos os nossos projetos e o diretório estadual também tem fica complicado só depender deles. Esse dizimo é voluntário se o filiado quiser dar vai de cada um”, explica.


O PSDB tem hoje 3,5 mil filiados somente na Capital e para dar um “up” no caixa tucano, Assis planeja promovendo concentrações populares com freqüência. “Se desses 3,5 mil filiados, mil colaborarem já está bom, mas pretendo fazer várias atividades, como palestras e eventos culturais”, Assis brinca dizendo que como ele é do meio esportivo e já está acostumado a fazer promoções e eventos para arrecadar dinheiro para viagens de atletas e competições.


De acordo com Assis, no dia 22 será realizado uma festa”paga” – churrasco- que vai custar 15 reais a entrada. O evento acontece na Paróquia Sagrado Coração de Jesus.


Segundo o estatuto tucano, não existe nenhuma referência de cobrança de dizimo voluntário.


Além do Fundo Partidário repassado pelo diretório nacional, o diretório regional do PSDB é mantido com eventuais contribuições feitas por Marisa Serrano, Reinaldo Azambuja, deputados estaduais Márcio Monteiro, Onevan de Matos, Professor Rinaldo e Dione Hashioka e pelos vereadores do partido.

Jornal Midiamax