Geral

Presidente de grupo petrolífero diz que produção da Líbia caiu

O presidente do grupo petrolífero francês Total, Christophe de Margerie, informou hoje (11) que a produção petrolífera da Líbia caiu de cerca de 1,4 milhão de barris diários para menos de 300 mil barris por dia. “A produção de petróleo na Líbia caiu para 200 mil ou 300 mil barris por dia”, disse. As informações […]

Arquivo Publicado em 11/03/2011, às 10h48

None

O presidente do grupo petrolífero francês Total, Christophe de Margerie, informou hoje (11) que a produção petrolífera da Líbia caiu de cerca de 1,4 milhão de barris diários para menos de 300 mil barris por dia. “A produção de petróleo na Líbia caiu para 200 mil ou 300 mil barris por dia”, disse. As informações são da agência públicas de Portugal, a Lusa.

A empresa francesa Total mantém várias projeções na Líbia. Porém, segundo Margerie, desde que iniciaram os confrontos entre forças leais ao presidente líbio, Muammar Khadafi, em 15 de fevereiro, várias cidades onde há refinarias foram atingidas.

A oposição a Khadafi informa que ocupa as principais regiões onde há produção de petróleo na Líbia. Porém, o governo nega. A Líbia produz 2% do petróleo extraído no mundo, embora seja responsável por 10% do mercado europeu. A Itália é sua maior compradora. A atividade petrolífera é fundamental para a economia líbia, representando 95% de suas exportações e 25% de seu Produto Interno Bruto (PIB).

Jornal Midiamax