Geral

Prefeito de Aquidauana não acredita em contaminação no rio Negro

O prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman, afirmou na manhã desta terça-feira (01) que a mortandade de peixes ocorrida do rio Negro na semana passada, nunca havia acontecido. Segundo ele, os produtores rurais do município são preocupados com o Meio Ambiente e a hipótese de contaminação com agrotóxico ou veneno é pouco provável. Fauzi vai esperar […]

Arquivo Publicado em 01/02/2011, às 13h53

None

O prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman, afirmou na manhã desta terça-feira (01) que a mortandade de peixes ocorrida do rio Negro na semana passada, nunca havia acontecido.

Segundo ele, os produtores rurais do município são preocupados com o Meio Ambiente e a hipótese de contaminação com agrotóxico ou veneno é pouco provável. Fauzi vai esperar o resultado do laudo técnico para se posicionar diante do acontecimento.

O primeiro resultado da análise feita com a água do rio Negro deve sair dentro de cinco dias. Segundo o capitão Queiroz da PMA, nenhuma hipótese que justifica a mortalidade foi descartada até o momento, porém acredita-se que devido a grande quantidade de vegetação morta da região onde os peixes foram encontrados, ressalta características da decoada.

O fenômeno natural, conhecido como decoada, tira o oxigênio da água no período que separa a cheia da seca, é normal da região do Pantanal. A época não é comum, pois geralmente acontece de meados de fevereiro até maio, porém com as constantes mudanças climáticas a hipótese é reafirmada.

Jornal Midiamax