A estratégia política do PR em Mato Grosso do Sul é aumentar de quatro para 15 o número de prefeitos a partir das eleições do ano que vem, informou o deputado estadual da legenda, Paulo Corrêa.

Corrêa disse que os republicanos firmaram pacto com o PMDB, partido com o qual deve acertar alianças em Campo Grande e as principais cidades do Estado, segundo

A cúpula do partido tenta ainda se juntar ao PSDB e DEM, além das legendas menores, disse Corrêa. O projeto do PR tem sido mostrado em reuniões marcadas como os partidos tidos como aliados da legenda, informou o deputado.